Polícia

18 de dezembro de 2018 17:45

Ex-baterista da Cannibal e mulher não identificada são encontrados mortos no Farol

Dudu Athayde também participou da banda do cantor e compositor alagoano Djavan

↑ Eduardo Athayde (foto) e mulher não identificada foram achados mortos no Farol na tarde desta terça (18) (Foto: Arquivo pessoal)

Na tarde desta terça-feira (18), dois corpos foram encontrados dentro de uma residência no bairro do Farol, na parte alta de Maceió. O homem foi identificado como sendo o ex-baterista da banda Cannibal, Eduardo Henrique Athayde, de 34 anos de idade. O corpo do músico foi encontrado pela irmã ao lado do corpo de uma mulher ainda não identificada.

Uma guarnição da Polícia Militar (PM) foi acionada após a irmã de Eduardo Henrique encontrar os corpos. Ela disse à polícia que os corpos apresentam perfuração de arma de fogo.

De acordo com a Perícia Oficial, os dois corpos foram encontrados em cima de um sofá cama localizado dentro do estúdio de gravação que fica na residência. De acordo com a Polícia Militar, ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime. Ainda segundo a PM, a suspeita inicial para a ocorrência é de homicídio seguido de suicídio. A Polícia Militar afirmou à imprensa que Eduardo Athayde foi achado com uma marca de tiro na boca.

Dudu Athayde, como era conhecido no meio artístico, também participou da banda do cantor e compositor alagoano Djavan.

O Instituto de Criminalística e o Instituto de Medicina Legal foram acionados para perícia e recolhimento dos corpos. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil de Alagoas.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH