Polícia

4 de dezembro de 2018 23:30

PM prende quadrilha em Maceió por estelionato, associação criminosa e receptação

Suspeitos alugavam carros, vendiam e depois roubavam os veículos

↑ Na pousada, também foi encontrado um veículo de modelo Chevrolet Celta que possui queixa de roubo (Foto: Divulgação PM/AL)

Após denúncias e levantamentos do Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL), o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) conseguiu abordar um veículo de modelo Fiat Punto com três indivíduos em atitude suspeita na noite desta terça-feira (4). O fato aconteceu na Avenida Silvio Carlos Viana, no bairro da Ponta Verde, em Maceió.

Durante a busca veicular, foram encontrados documentos de outros carros e após questionamentos dos militares para os suspeitos, as equipes verificaram informações desencontradas. Com isso, os policiais relatam que foram até a pousada onde os suspeitos estavam hospedados e lá foram encontradas chaves de veículos, que segundo os suspeitos seriam cópias de originais.

Os militares descobriram que eles participavam de um esquema de venda ilegal de carros alugados em locadoras. Conforme foi apurado pelo BPTran, eles alugavam os veículos, depois faziam as cópias das chaves e vendiam os carros a terceiros. Depois monitoravam os carros com rastreadores instalados e roubavam os veículos para devolvê-los à locadora.

De acordo com a PM, a quadrilha aplicava o golpe tanto no estado de Pernambuco quanto em Alagoas. Na pousada, também foi encontrado um veículo de modelo Chevrolet Celta que possui queixa de roubo. Uma das vítimas foi encontrada e confirmou a versão repassada aos militares, dizendo que tinha sido enganada pelos indivíduos.

Segundo a PM, a dona de uma locadora vítima do golpe também foi encontrada pela guarnição. Diante de todos os indícios e a confissão dos suspeitos, os infratores foram encaminhados ao Complexo de Delegacias (Code), no bairro de Mangabeiras, e autuados pelos crimes de estelionato, associação criminosa e receptação qualificada.

Foram detidos: Kaio Vinícius Vitorino da Silva, 23 anos; Halisson Eustáquio de Oliveira, 28 anos; e Raul Cadena de Oliveira Neto, de 24 anos de idade.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH