Polícia

24 de outubro de 2018 15:48

PRF recupera veículo em Alagoas alguns minutos após o seu roubo

Em outra ocorrência, um homem foi preso por transitar com motocicleta roubada

↑ Moto foi recuperada em ocorrência em Atalaia (Foto: Ascom PRF/AL)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na madrugada desta quarta-feira (24) um veículo que tinha acabado de ser roubado no Sertão de Alagoas, no município de Canapi. Os policiais conseguiram êxito na ação devido à rápida denúncia da vítima.

Passava das 4horas, quando um homem compareceu a Unidade Operacional de Polícia (UOP) da PRF, no Carié, informando que havia sofrido um assalto. Segundo ele, dois indivíduos armados com espingardas tinham o rendido e levado seu carro, um Fiat/ Uno.

Os PRFs imediatamente iniciaram buscas pela região, encontrando o carro na cidade de Canapi. Ao avistar a viatura policial, os suspeitos iniciaram uma fuga, andando com o carro em alta velocidade pela zona rural. Após 20 minutos de acompanhamento tático, o pneu do veículo roubado furou e eles abandonaram o carro fugindo a pé pelo matagal.

Os policiais tentaram capturar a dupla, mas ninguém foi encontrado. O carro recuperado foi encaminhado junto com a vítima para a Delegacia de Polícia civil da região.

Já em Atalaia, condutor é preso por receptação de veículo e moto é recuperada

No fim da tarde de terça-feira (23), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um homem conduzindo um veículo roubado. Ele foi abordado nas imediações do Km 245 da BR-316, em Atalaia/AL.

Era por volta das 16h quando policiais rodoviários faziam patrulhamento e abordaram a motocicleta Honda/Xlr 125 de cor vermelha. Durante a fiscalização, a equipe constatou que o motor do veículo pertencia a outra motocicleta que possuía ocorrência de furto. Quando questionado, o homem confessou ter adquirido o veículo por R$ 500,00 mais um celular usado, alegando porém não ter conhecimento da origem ilícita do motor.

De acordo com o artigo 180 do código penal, é proibido adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte, com pena de reclusão de um a quatro anos e multa.

Ante indícios de crime por receptação foi dada voz de prisão ao condutor da motocicleta. A ocorrência foi então encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Viçosa/AL para procedimentos cabíveis.

Fonte: Ascom PRF/AL

Comentários

MAIS NO TH