Polícia

15 de agosto de 2018 21:30

Suspeito da morte de Neguinho Boiadeiro se entrega na Delegacia Geral

Maiquel Alves estava na companhia de advogado quando se entregou

↑ Inquérito do homicídio de Boiadeiro foi concluído em julho passado sem apontar mandantes para o crime (Foto: Reprodução)

Nesta quarta-feira (15), um dos suspeitos de envolvimento no assassinato do vereador Adelmo Rodrigues, popularmente conhecido como Neguinho Boiadeiro, do município alagoano de Batalha, se apresentou na Delegacia Geral da Polícia Civil, no bairro de Jacarecica, em Maceió. Maiquel Alves da Silva é apontado como autor material do crime.

De acordo com a Polícia Civil de Alagoas (PC/AL), Maiquel Alves estava na companhia de advogado quando se entregou.

O delegado Cícero Lima presidiu o inquérito policial que apurou a execução do vereador de Batalha. Segundo a PC/AL, o inquérito do homicídio de Boiadeiro foi concluído em julho passado sem apontar mandantes para o crime. A documentação da investigação policial foi encaminhada ao Ministério Público do Estado (MPE/AL). O decreto de prisão do suspeito foi assinado pela juíza Amine Mafra Conrado. O suspeito se apresentou após ser notificado para comparecer à Delegacia Geral da PC na residência dele, na cidade de Santana do Ipanema.

CASO

Na tarde do dia 9 de novembro de 2017 (uma quinta-feira), Adelmo Rodrigues de Melo, de 61 anos de idade, do PSD, conhecido como Neguinho Boiadeiro, foi morto a tiros quando saía da sessão que era realizada na Câmara de Vereadores de Batalha. Testemunhas afirmaram que Boiadeiro foi executado por homens armados, que aguardavam o vereador sair da Câmara Municipal.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH