Polícia

12 de julho de 2018 16:59

Inquérito do assassinato de Boiadeiro é concluído sem citar mandantes

Segundo Polícia Civil, documentação irá, agora, ao Ministério Público do Estado

↑ Vereador foi morto a tiros quando deixava a Câmara de Vereadores de Batalha (Foto: Divulgação)

A assessoria da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) confirmou, nesta quinta-feira (12), que o inquérito sobre a morte do vereador da cidade alagoana de Batalha, Adelmo Rodrigues, conhecido como Neguinho Boiadeiro, foi concluído. O vereador foi assassinado no dia 9 de novembro de 2017.

Segundo a PC/AL, o inquérito do homicídio de Boiadeiro foi concluído sem apontar mandantes para o crime. “Agora, a documentação será encaminhada ao Ministério Público do Estado (MPE/AL)”, afirmou a assessoria.

Ainda de acordo com a PC/AL, apesar de o inquérito – que tem à frente o delegado Cícero Lima – não citar nenhum suspeito, “os agentes continuam trabalhando para produção de provas que possam levar a algum nome”.

CASO

Na tarde do dia 9 de novembro de 2017 (uma quinta-feira), Adelmo Rodrigues de Melo, de 61 anos de idade, do PSD, conhecido como Neguinho Boiadeiro, foi morto a tiros quando saía da sessão que era realizada na Câmara de Vereadores de Batalha. Testemunhas afirmaram que Boiadeiro foi executado por homens armados, que aguardavam o vereador sair da Câmara Municipal.

Fonte: Tribuna Hoje / Rívison Batista

Comentários

MAIS NO TH