Polícia

31 de outubro de 2017 18:11

Litoral Norte de Alagoas registra onda de homicídios nos últimos dias

No município de Porto Calvo, dois assassinatos ocorreram em menos de uma hora nesta terça

A violência não dá trégua nas cidades do Litoral Norte de Alagoas. Semana passada um homem foi assassinado, vítima de disparos de arma de fogo no Loteamento Boa Vista, Praia de Peroba, em Maragogi. Na segunda-feira (30) um corpo sem identificação do sexo masculino foi encontrado na Grota Alto do Cruzeiro, também em Maragogi, com disparos de arma de fogo. Nesta terça-feira (31) a população de Porto Calvo viveu momentos de pânico com dois homicídios em menos de uma hora. Em todos os casos militares do Sexto Batalhão da PM realizaram rondas na região e até o momento ninguém foi preso.

Nesta terça pela manhã um jovem foi assassinado, entre 18 e 25 anos, vítima de diversos disparos de arma de fogo, na antiga rodoviária, em Porto Calvo. A Polícia Militar não conseguiu localizar os suspeitos. De acordo com os militares do 6º Batalhão, a vítima ainda não tinha sido identificada e ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime. O jovem foi alvejado com diversos tiros na cabeça e não resistiu aos ferimentos, vindo a falecer no local. Os suspeitos fugiram, tomando destino ignorado.

Uma hora depois, outro jovem foi assassinado, também vítima de disparos de arma de fogo, no povoado de Mangazala, na periferia de Porto Calvo. Uma guarnição do 6º Batalhão da Polícia Militar esteve no local para registrar o segundo homicídio. De acordo com os militares, até o início da tarde ainda não tinha sido possível identificar a vítima. O jovem sofreu vários disparos de arma de fogo na cabeça.

Já a vítima da semana passada em Maragogi, José Edson Valdivino, 34 anos, foi surpreendido pelo autor dos disparos, que segundo a polícia não foi identificado. A guarnição do Pelopes esteve no local e acionou o Corpo de Bombeiros Militar de Maragogi. Mas ao chegar ao local, a vítima já estava em óbito. Nesse caso o Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para realizar os procedimentos cabíveis.

E por último um corpo sem identificação, do sexo masculino, foi encontrado na Grota Alto do Cruzeiro. O 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) informou que, o corpo foi encontrado por populares, enterrado em cova rasa e em estado avançado de decomposição. Ainda de acordo com os militares, a vítima estava sem documentação.

Comentários

MAIS NO TH