Polícia

5 de junho de 2017 09:02

Polícia registra três casos de violência contra a mulher

Agressores foram autuados com base na Lei Maria da Penha pelos delegados plantonistas na Central de Flagrantes

O Centro Integrado de Operações (Ciosp) da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) registrou neste domingo, três casos de violência contra a mulher na capital alagoana, dois deles na parte alta da cidade.

Na primeira ocorrência os policiais do 4º Batalhão Militar disseram que o homem estava enfurecido e aparentava estar sob o efeito de alguma droga. Guilherme Henrique da Silva Guimarães Lopes, de 20 anos, foi preso após agredir sua companheira Ilda Gonçalves da Silva, de 46 anos.

Informações dão conta, de que o autor da agressão, ainda teria invadido uma igreja evangélica e destruído parte do interior do templo, como também danificado a mala da viatura policial enquanto esperava para ser ‘atendido’ pelo delegado plantonista.

A guarnição encaminhou as partes até Central de Flagrantes I, onde foi feito o flagrante de lesão corporal baseado na Lei Maria da Penha.

Maria José de Araújo, de 33 anos, foi agredida pelo companheiro Cristiano Francheco dos Santos Silva, sendo lesionada no rosto, braços, costas e mãos. O agressor foi levado para a Central de Flagrantes I, onde foi feito o flagrante de lesão corporal baseado na Lei Maria da Penha.

Leyde Dayane De Lima Santos, 26 anos, do mesmo modo foi agredida pelo esposo identificado como Iranildo Farias dos Santos, de 38 anos, ambos residentes no Benedito Bentes. As partes foram conduzidas à Central de Flagrantes 3, onde o acusado foi autuado por lesão corporal, baseado na Lei Maria da Penha pelo delegado Antônio Edson Sousa Oliveira. 

 

Fonte: Tribuna Hoje, com Ciosp

Comentários

MAIS NO TH