Polícia

27 de abril de 2017 20:43

CPC divulga planejamento para garantir a segurança nesta sexta

Cerca de 200 homens reforçarão a segurança em Maceió durante ato unificado

A Polícia Militar de Alagoas, por meio do Comando de Policiamento da Capital (CPC), elaborou um plano operacional para assegurar o caráter pacífico durante o ato unificado, que acontece nesta sexta-feira (28), em todo País.

De acordo com o tenente-coronel Neyvaldo Amorim, comandante do CPC, aproximadamente 200 policiais militares, distribuídos nas modalidades de policiamento a pé, motorizado e montado, além do apoio da aeronave do Grupamento Aéreo da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), irão atuar nas imediações da Praça Centenário e nas principais avenidas e ruas de Maceió. “Iremos reforçar a área do Centro, local programado para a mobilização, bem como acompanhar toda a dinâmica desse movimento, desde a concentração até as passeatas. Nosso objetivo é garantir o direito da livre manifestação e a segurança de todos os envolvidos no processo”, esclareceu o oficial.

Ele garantiu que o efetivo empregado é específico para o evento e que tropa está preparada para dar a resposta precisa se, por acaso, acontecer algum fato que fuja da normalidade. “Nossa preocupação também está focada na possibilidade de que pessoas mal intencionadas se infiltrem de forma isolada com a intenção de provocar algum tipo de tumulto, durante a mobilização, e estamos prontos para intervir”, frisou Neyvaldo.

As guarnições do BPTran terão o apoio de agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) para coordenar o fluxo do trânsito durante o evento, bem como equipes do Centro de Gerenciamento de Crises, Direitos Humanos e Polícia Comunitária (CGCDHPC) prontas para negociarem caso haja algum tipo de bloqueio ou problemas eventuais.

Arapiraca

No interior, existe a possibilidade de um ato unificado ser realizado em Arapiraca, a partir das 9h, na Praça Pereira Lima. O comandante do 3º BPM, tenente-coronel Ênio Bolivar, afirmou que não foram informados oficialmente sobre uma possível manifestação, porém destaca que ‘seu efetivo ordinário estará nas ruas, bem como o administrativo de prontidão para uma possível eventualidade’.

Comentários

MAIS NO TH