Polícia

5 de abril de 2017 20:59

Polícia conclui inquérito e indicia 16 pessoas na Operação Nicotina

Trabalho faz parte do GAESF e desarticulou um esquema de desvio de tributos na comercialização de cigarros

O delegado Manoel Acácio, da Polícia Civil de Alagoas, divulgou nesta quarta-feira (5) que concluiu o inquérito policial da Operação Nicotina, que investigou crimes fiscais cometidos por empresas de cigarros.

O delegado, que participa das ações do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf), indiciou 16 pessoas pelos crimes de integrar organização criminosa, falsificação do selo ou sinal público, falsidade ideológica, ocultar e dissimular a origem de bens, entre outros crimes. Recentemente, o delegado esteve no Rio de Janeiro acompanhando o promotor de Justiça do Ministério Público Estadual de Alagoas e coordenador do Gaesf, Cyro Blatter, durante interrogatório de dez investigados na Operação Nicotina, que desarticulou um esquema de desvio de tributos na comercialização de cigarros. Também integram o Gaesf o procurador de Estado, Ivan Luiz e fiscais da Secretaria da Fazenda de Alagoas.

Após a conclusão, o inquérito policial foi encaminhado para a 17ª Vara Criminal da Capital.

Comentários

MAIS NO TH