Mundo

4 de setembro de 2020 16:53

Suspeito de ataque à sede do Porta dos Fundos é preso na Rússia

Nome do suspeito, Eduardo Fauzi, estava na Difusão Vermelha da Interpol

↑ Fauzi posa com armas em uma rede social (Imagem: Reprodução / TV Globo)

Eduardo Fauzi, o homem suspeito de atacar a sede do Porta dos Fundos, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, foi preso em Moscou, na Rússia. As informações foram apuradas pela TV Globo com fontes que investigam o caso.

O nome de Fauzi foi incluído na Difusão Vermelha da Interpol, e segundo apurou a TV Globo já foi requisitada a extradição do suspeito para o Brasil.

O G1 entrou em contato com a defesa de Fauzi, mas ainda não houve retorno.

O ataque

A sede da produtora responsável pela criação dos programas Porta dos Fundos foi alvo de um ataque, em dezembro de 2019. O local fica no Humaitá, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Coquetéis molotov foram jogados na fachada do imóvel e a ocorrência foi registrada na 10ª DP (Botafogo). A produtora citou, na época, danos materiais no quintal e na recepção.

A avaliação de integrantes do grupo é a de que, caso não houvesse um segurança no local, todo o prédio poderia ter pegado fogo. O incêndio foi contido por um funcionário que estava no prédio.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH