Mundo

7 de maio de 2020 14:39

Última Super Lua do ano acontece na noite desta quinta-feira

Fenômeno que começou na noite de quarta-feira (6) que poderá ser visto ainda na sexta-feira (8)

↑ Super Lua (Foto: DIvulgação)

Com praias isoladas e locais públicos fechados, o jeito é se contentar e olhar das janelas de apartamentos ou estacionamentos de condomínio, um fantástico espetáculo na noite desta quinta-feira (7). É que ocorre nesta noite a última “Super Lua” cheia de 2020, fenômeno que começou na noite de quarta-feira (6) e que poderá ser visto ainda na sexta-feira (8). Com isso, o satélite natural da Terra estará maior e mais brilhante (cerca de 30%) para quem observar o céu. Apesar da expectativa, o baixo índice de poluição do ar durante a quarentena não melhora a visibilidade. Apenas as condições meteorológicas interferem na observação do fenômeno. As condições ideais para aproveitar a super lua incluem um céu limpo e sem nuvens.

Para observar, vale ficar “de plantão” à noite, já que a face da Lua voltada para a Terra ficará 100% iluminada. Nesta quinta, quando nascer, por volta das 18h, horário de Brasília, nosso satélite estará 99,5% iluminada, já passado o momento de máxima iluminação do disco lunar.

Claro que o ideal é estar no ponto mais alto de sua cidade, ou em um local com uma visão livre do horizonte, já que o contraste com prédios, montanhas e árvores à frente faz a Lua parecer muito maior do que de costume. Mas nada impede de se observar a última super lua de 2020 quando ela estiver alta no céu, mas o efeito será menos impressionante.

Depois dessa noite, esses incríveis eventos começam a se distanciar. Em junho, por exemplo, a Lua estará no perigeu no dia 3, mas só estará cheia no dia 5, quando já vai estar fora da posição “ideal”. Portanto, não é considerada uma super lua. Grande, talvez, mas não “super”. O evento só voltará a ocorrer em 27 de abril de 2021.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH