Mundo

13 de abril de 2019 13:13

Prefeito de Nova York chama Bolsonaro de “ser humano perigoso”

Bill de Blasio não quer o Museu de História Natural alugue salas para um evento em homenagem ao presidente brasileiro

↑ Bill de Blasio afirmou em entrevista a rádio americana que Bolsonaro é "notoriamente racista e homofóbico” (Foto: John Moore / afp)

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, pediu que o Museu de História Natural cancele um evento em homenagem ao presidente brasileiro Jair Bolsonaro agendado em suas dependências.

Em entrevista à radio americana WNYC, na sexta-feira (12), de Blasio afirmou que o presidente é um “ser humano perigoso”, “notoriamente racista e homofóbico”.

– Se você está falando de uma instituição com apoio público e está falando de alguém que está fazendo algo concretamente destrutivo, fico desconfortável com isso – afirmou o prefeito.

No mesmo dia, um porta-voz do Museu rebateu as críticas do prefeito, no jornal New York Post: “Esse é um evento externo, privado, e de modo algum reflete a posição do museu”.

Fonte: Zero Hora

Comentários

MAIS NO TH