Mundo

14 de março de 2019 14:56

Chefe da máfia da Família Gambino é morto a tiros em Nova York

Francesco 'Frank' Cali foi baleado em frente à sua casa

↑ Frank Cali, líder da família mafiosa Gambino, em foto tirada pela polícia italiana em 2008 (Foto: Polizia Italiana/AFP)

O chefe da máfia Família Gambino, Francesco “Frank” Cali, foi assassinado a tiros na noite desta quarta-feira (13), em frente à sua casa em Nova York, nos Estados Unidos, informou a polícia local.

Cali, de 53 anos, foi baleado seis vezes no peito. O crime ocorreu por volta das 21h20 (no horário local) no bairro de Todt Hill, em Staten Island, conhecido pela influência de mafiosos.

Moradores da região, que foram ouvidos pelo New York Times, disseram que não conseguiram ver nada, mas que ouviram diversos tiros, que pareciam ser disparados da mesma arma. Os vizinhos ficaram assustados já que, segundo eles, a rua é quieta e tranquila.

O mafioso foi levado ao Hospital da Universidade de Staten Island, onde morreu.

A família Gambino, uma das cinco que compõem a máfia siciliana de Nova York, chegou a ser considerada a maior organização criminosa dos Estados Unidos. Dedicada a todos os tipos de crime teve sua decadência na década de 1990, por causa das ações das autoridades americanas.

Cali assumiu o controle da organização em 2015. Entre 2008 e 2009 cumpriu 10 meses de prisão por um crime de extorsão. De pais italianos, ele trabalhava com a mafia em Nova York desde jovem.

O assassinato de Cali é o primeiro em décadas de um chefe da Máfia em Nova York. Na família Gambino, o último assassinato de um líder aconteceu em 1985, quando John Gotti ordenou a morte de Paul Castellano para tomar o poder da organização.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH