Mundo

1 de junho de 2018 21:15

30 anos depois: Piloto soviético desaparecido aparece vivo

O soldado foi dado como desaparecido depois que seu avião foi abatido em combate. Porém, segundo as infirmações divulgadas hoje, ele ainda está no Afeganistão

↑ Tropas soviéticas durante a guerra no Afeganistão (Crédito: Patrick Robert/Sygma/Getty Images)

Um piloto militar soviético dado como desaparecido há mais de 30 anos no Afeganistão ainda está vivo e foi encontrado, informou nesta sexta-feira (01) o presidente da União de Paraquedistas da Rússia, Valeri Vostronin.

O soldado foi dado como desaparecido depois que seu avião foi abatido em combate. Porém, segundo as infirmações divulgadas hoje, ele ainda está no Afeganistão.

“Encontramos um piloto russo cujo avião foi abatido nos anos 80 no céu do Afeganistão. Segue vivo. É uma grande surpresa”, disse Vostronin, citado por veículos de imprensa locais.

Sem revelar a identidade do oficial soviético, já que se trata de informação confidencial, Vostronin pediu às organizações públicas para ajudar o piloto. Também solicitou “ajuda financeira” para custear as despesas de assistência ao ex-militar.

As autoridades russas negociaram a questão com o governo afegão durante um evento organizado em Moscou pela organização beneficente que ajuda veteranos de guerra, informou Vostronin.

Por enquanto, não se sabe porque o piloto não deu sinais de vida durante 30 anos e como finalmente seu paradeiro foi descoberto. “O mais surpreendente nem é o piloto ter sobrevivido depois de ser abatido, mas não termos recebido informações suas por décadas”, afirmou Vostronin à imprensa russa.

A URSS interveio militarmente no Afeganistão em 1979 em apoio ao regime pró-soviético instalado em Cabul, uma intervenção que se transformou em uma guerra que duraria uma década. Durante essa disputa, a última intervenção militar soviética no exterior, Moscou perdeu cerca de 15.000 militares e foram derrubados 125 aviões da Força Aérea da URSS, segundo dados oficiais.

Fonte: Veja.com

Comentários

MAIS NO TH