Mundo

5 de janeiro de 2017 23:58

Homem que prometeu repetir chacina alega transtorno bipolar

Rodrigo Nomura Guerreiro, 43 anos, disse que misturou a medicação controlada com cerveja, antes de publicar as mensagens no Facebook.

O homem preso em Jaboticabal, interior de São Paulo, na última quarta-feira (4), por ameaçar de morte a ex-mulher, duas juízas e uma promotora de Justiça disse à Polícia Civil, nesta quinta (5), que sofre de transtorno bipolar e que misturou a medicação controlada com cerveja, antes de publicar as mensagens no Facebook.

“Depois que ele ficou tranquilo, quando caiu em si, disse que estava arrependido. Ele contou que sofre de transtorno bipolar desde 2008 e, desde então, faz tratamento com um médico em Jaboticabal, mas não apresentou nenhum laudo ou atestado”, afirmou o delegado, ao G1.

Rodrigo Nomura Guerreiro, de 43 anos, foi preso em casa quando fazia mais uma postagem na internet. Ele estava sendo monitorado pelos investigadores e, segundo o delegado Wanderley Elenilton Gonçalves Santos, confessou o crime.


Fonte: Notícias ao Minuto

Comentários

MAIS NO TH