Interior

2 de dezembro de 2021 14:08

Delmiro: PGJ reinaugura mais uma sede de Promotorias de Justiça

Sede tem espaços importantes de acessibilidade

↑ Foto: Assessoria

Dando continuidade ao cumprimento da agenda, na manhã desta quinta-feira (2), o procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, esteve em Delmiro Gouveia, cidade do Sertão de Alagoas, onde reinaugurou o prédio-sede das Promotorias de Justiça. Ladeado pelos promotores de Justiça, Cláudio Teles e Bolivar Ferro, contando com a presença de servidores e autoridades locais, a exemplo da prefeita Ziane Costa, entregou um prédio com alta reforma e, agora, com ampla acessibilidade. O valor gasto na recuperação da unidade chega próximo a R$ 80 mil.

Para Márcio Roberto, entregar mais uma obra desse nível, beneficiando promotores e servidores aumenta o orgulho de comandar a instituição.

“Muito importante, uma vez que possibilitará melhores condições de trabalho a membros e servidores, bem como acolher a sociedade de Delmiro Gouveia com a dignidade que merece. Destacando que havia uma preocupação grande da gestão em razão de uma sede do MP não ser dotada das condições necessárias para pessoas com deficiência”, declara o PGJ.

O promotor de Justiça, Cláudio Teles, fala da importância de se ter um local melhorado para atender a população e também para que desempenhem da melhor forma suas atividades.

“Já havia essa reivindicação, nós entendemos que a reforma do prédio será de grande valia para melhor recepcionarmos as pessoas, ofertar-lhes conforto, ao tempo em que também proporciona tal benefício a nós promotores e aos servidores”, fala o promotor Cláudio Leite.

Quem também comentou sobre o feito, foi o promotor de Justiça, que atua na 3ª Promotoria, Bolivar Ferro.

Rafael Cardoso, servidor empossado há três meses, encontrou dificuldades no início, mas agora disse que se sente valorizado.

“Quando aqui cheguei, não tinha acessibilidade alguma, apenas uma rampa de acesso. A reforma estava programada, mas com o fato de eu ser cadeirante, mexeram para garantir acessibilidade pra mim. Então, fizeram sala específica com acessibilidade, reformaram um banheiro que ficou amplo e acessível, fizeram rampa da rua para a calçada e da calçada para a recepção, pra facilitar o acesso. A 3a Promotoria foi nivelada e ficou plana retirando as barreiras. A importância disso tudo é a valorização do servidor, porque ao chegar aqui perceberam que não tinha cem por cento de acessibilidade e decidiram facilitar minha vida e, consequentemente, de outras pessoas que procurem o Ministério Público. um trabalho mais digno”, Rafael Cardoso.

Reforma

O prédio ganhou mais segurança com o levantamento de uma parede em lugar de uma porta de rolo que, segundo os membros, tornava o prédio vulnerável. Foi separada uma sala especial, adaptada para o servidor Rafael Cardoso, com deficiência, ampliados cômodos, colocadas novas portas, feita pintura total.

De acordo com o engenheiro, João Elias, houve modificação das dimensões e geometrias das rampas de acesso a calçada e a edificação, implantação das salas de reunião, arquivo e assistência social, para melhorar o atendimento à população a tender algumas necessidades dos servidores/membros, houve aumento da largura das áreas de circulação, foram instalados novos ares-condicionados, bem como feita a manutenção dos já existentes. Para melhorar a qualidade da iluminação, as luminárias foram substituídas por lâmpadas de LED, além disso foi feita revisão completa do sistema elétrico. Devido a degradação ocasionada por cupim, foram substituídas todas as divisórias navais por Drywall e as portas compensadas foram trocadas por madeira maciça.

Também foi separada uma sala, especificamente, para a equipe de Tecnologia da Informação e o prédio, para maior conforto de todos, ganhou uma copa. Por segurança, foi feita a manutenção do sistema de combate a incêndio.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH