Interior

1 de dezembro de 2021 06:16

Pai e filho são achados mortos próximo de rede elétrica; Equatorial aponta irregularidade

Corpos de homem de 33 anos e criança de 9 anos foram achados próximos de fiação que caiu em obra; Empresa afirma que construção estava irregular

↑ (Imagem: Ilustração)

O local onde pai e filho, um menino de 9 anos, morreram eletrocutados no sítio Poção, na Zona Rural de Arapiraca, trata-se de uma construção irregular, segundo informou a Equatorial Alagoas. Os corpos foram achados na madrugada desta terça-feira (30).

A empresa informou por meio de nota que a obra causou uma elevação do nível do solo, o que ocasionou uma aproximação com a rede distribuidora. A Equatorial afirmou ainda que a execução da obra não foi informada.

Pai e filhos teriam sido atingidos por fios de alta tensão que caíram quando eles passavam pelo local. Não há informações sobre o que teria levado a queda da fiação.

As vítimas foram encontradas mortas por militares do 3º Batalhão (BPM). Os corpos foram identificados como sendo de Leonardo Pereira da Silva, de 33 anos, e Leandro de Barros Pereira, de 9 anos.

Confira a íntegra da nota da Equatorial Alagoas:

Com relação à uma ocorrência registrada na Zona Rural do município de Arapiraca, a Equatorial Alagoas informa, que equipes técnicas estiveram no local e foi constatado uma construção irregular, que elevou o nível do solo e se aproximou da rede da Distribuidora, que em nenhum momento havia sido informada sobre a execução da obra.

A empresa tomou conhecimento do acidente através da população local, que abordou uma equipe que estava realizando um serviço próximo a região e que prontamente realizou o desligamento da rede.

Por fim, a Distribuidora se solidariza com os familiares das vítimas e reforça que está acompanhado o trabalho da Polícia Militar para prestar todos os esclarecimentos necessários sobre o caso e reforça a importância dos clientes informarem a concessionária a necessidade de realização de obras ou construções que por ventura estejam próximas da rede elétrica para evitar que acidentes graves ou até mesmo fatais venham a acontecer.

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH