Interior

20 de outubro de 2021 14:00

Casal segue com ações de combate a fraudes na Bacia Leiteira

Fiscalizações ocorrem na adutora que liga Santana do Ipanema e Ouro Branco

↑ Foto: Assessoria

Equipes da Unidade de Negócio Bacia Leiteira, da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), seguem, pela terceira semana consecutiva, com trabalhos de fiscalização e cadastro técnico operacional da adutora que liga os municípios de Santana do Ipanema e Ouro Branco.

A ação tem detectado furtos de água que têm prejudicado o abastecimento da região, sobretudo da cidade de Ouro Branco, que fica na ponta do Sistema Coletivo da Bacia Leiteira. As coordenações Comercial (CCO) e de Produção e Distribuição (CPDI), da unidade, vêm trabalhando na fiscalização de ligações de ponta a ponta e no mapeamento geolocalizado de infraestrutura, além de pressões dessa adutora, respectivamente.

Durante esse período, muitos casos de clandestinidade já foram encontrados, como possíveis pontos de enchimento de caminhões-pipa. As ocorrências estão sendo catalogadas para abertura de Boletim de Ocorrência. Os infratores identificados sofrerão sanções administrativas, poderão pagar multas e serem denunciados à polícia.

Segundo o coordenador de produção e distribuição da unidade, Antônio Ramos, esse trabalho de combate a fraudes será contínuo. “É muito importante que a população denuncie os casos de ligações clandestinas para que a Casal possa agir e consequentemente melhorar o abastecimento da região, principalmente da cidade de Ouro Branco, que já tem o fornecimento de água prejudicado, por se localizar no final do sistema. Tudo isso é importante, porém, é fundamental que as pessoas denunciem essas irregularidades”, reforçou.

Quem quiser informar à Casal sobre furto de água não precisa se identificar. Basta ligar para o número 0800 082 0195, todos os dias, das 7h às 20h. A ligação é gratuita e pode ser feita de celular.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH