Interior

3 de março de 2021 09:30

Cemitério Santo Antônio em Arapiraca realizou mais de 220 enterros durante a pandemia

Os dados são do relatório emitido pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos do município

↑ Cemitério Santo Antônio, localizado no bairro Verdes Campos, Arapiraca (Foto: Assessoria)

Perder um ente querido já é difícil em circunstâncias normais, mas a dor é ainda maior quando a causa da morte é a Covid-19. É que devido o alto poder de contágio do coronavírus, infelizmente os enterros são feitos com rígidos protocolos, inclusive sobre o tempo de duração, sem direito a funeral e com um número reduzido de pessoas.

O fluxo do corpo após a morte é uma orientação nacional ratificada através de nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde. Sendo assim, a Prefeitura orienta que todas as mortes confirmadas ou sob investigação de Covid-19 devem ser direcionadas para o Cemitério Santo Antônio, localizado no bairro Verdes Campos.

De acordo com relatório emitido pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos, durante a pandemia, o local já recebeu mais de 220 enterros de mortes relacionados a doença.

As equipes de coveiros do Cemitério Santo Antônio passaram por capacitação para garantir segurança sanitária durante o manejo dos caixões, que infelizmente precisam estar totalmente lacrados desde quando saem do hospital.

“Essa é uma dor que não desejamos para ninguém. Por isso nós falamos sempre na importância dos protocolos de segurança. Usar máscara ao sair de casa e higienizar sempre mãos e superfícies são tarefas fáceis e que precisam ser seguidas para evitar mais mortes”, disse a coordenadora de Epidemiologia da Prefeitura de Arapiraca, assistente social Ana Lúcia.

Fonte: Secom Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH