Interior

18 de fevereiro de 2021 17:45

Prefeitura de Coruripe e Sistema S discutem sobre eficiência energética e capacitações

Reunião contou com técnicos da Secretária de Indústria, Comércio e Economia Solidária e do Departamento de Abastecimento de Água e Esgoto Sanitário (DAESC)

↑ (Foto: Ascom Coruripe)

Pela terceira vez, a Prefeitura de Coruripe se reúne com o Sistema S para traçar parcerias que possam contribuir com o desenvolvimento de Coruripe. Desta vez, além da Secretária de Indústria, Comércio e Economia Solidária, teve a participação do Departamento de Abastecimento de Água e Esgoto Sanitário (DAESC). Entre as pautas, eficiência energética e capacitação de servidores.

No encontro desta quinta-feira (18), foi debatido o alto consumo energético do DAESC, que ultrapassa R$200 mil/mês e formas de reduzir este custo. Para isso, será realizado um estudo de viabilidade para investimentos em captação de energia solar.

“O consumo do Departamento é muito alto. Precisamos encontrar uma solução para reduzir este custo e investir mais na melhoria no abastecimento de água no município. Uma saída é investir em energia solar e para isso o Sistema S vai nos ajudar com um estudo de viabilidade para a implantação. Estamos amadurecendo todas as possibilidades. E vamos trabalhar com a mais viável”, explicou o diretor do DAESC, Raphael Lima.

Entre as possibilidades em estudo está a instalação de painéis fotovoltaicos para os locais onde existem bombas na distribuição de água; e a viabilização de uma usina solar. Além de atender a demanda do DAESC, o excedente da produção de energia solar seria usado para atender outros órgãos municipais.

Cursos de capacitação

Ainda durante a reunião também foi discutido o aperfeiçoamento para servidores da administração e capacitação para o comércio e segmento turístico. Na primeira etapa, estes cursos seriam disponibilizados para os servidores dos Mercados Públicos do município. É o que explica o secretário de Indústria, Comércio e Economia Solidária, Gastão Lessa.

 “Discutimos cursos de capacitação para os orientadores do Mercado Público. Esses agentes trabalham diretamente com os permissionários que comercializam seus produtos e, também, com o público. Eles precisam orientar ambos sobre medidas sanitárias, acessibilidade, atender bem e tirar dúvidas. Além de solucionar problemas de diversos tipos e explicar o funcionamento dos diversos tipos de armazenamento de alimentos, dentre outros. Tudo voltado ao Mercado. Por isso detectamos a necessidade de capacitar todos os servidores, dos serviços gerais ao diretor”, observou Lessa.

Para o público externo, o secretário explicou que existe uma gama de cursos que deverão estar disponíveis o mais breve possível.

“Coruripe tem potencial. Logo, estamos trabalhando com o Sistema S um leque de oportunidades para o coruripense. Vamos trabalhar para ofertar cursos de alimentação, vestuário, turismo, automotivo e pesca. Além de boas práticas e atendimento ao turista para bares, restaurantes e pousadas. Vamos atender a demanda da nossa cidade que é grande. Essa parceria com Sistema S é de extrema importância para Coruripe”, finalizou o secretário de Indústria, Comércio e Economia Solidária, Gastão Lessa.

A gerente Executiva Comercial do Sistema S, Mônica Vieira, falou sobre o trabalho realizado em Campo Alegre como exemplo do que pode ser realizado em Coruripe.

“Capacitamos todos da Praça Alimentação do município de Campo Alegre com cursos de manipulação de alimentos, fabricação e vendas de bolos, queijos doces e quitutes. Tudo isso ocorreu a partir de um levantamento de necessidades naquela cidade.  O trabalho deu certo e o local se transformou em um grande ponto de visitação de turistas e locais. Podemos fazer isso em Coruripe. E tenho certeza de que será mais um case de sucesso em nosso estado”, destacou

Fonte: Ascom Coruripe

Comentários

MAIS NO TH