Interior

23 de janeiro de 2021 09:01

São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio e Paripueira iniciam vacinação

A primeira pessoa vacinada foi a técnica de enfermagem Rosa Maria Santana, de 47 anos

↑ Prefeito Jadson Lessa, de São Miguel dos Milagres, com profissionais já vacinados (Foto: Divulgação)

Depois de Maragogi e Porto Calvo, os municípios turísticos de São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio e Paripueira, também deram início à vacinação contra o novo coronavírus. As vacinas Coronavac foram usadas, primeiramente, nos profissionais de saúde que fazem parte do grupo prioritário e que estão na linha de combate à doença.

Em São Miguel dos Milagres o primeiro ato contou com as presenças do prefeito Jadson Lessa e do secretário de Saúde Diego Santos. A primeira pessoa vacinada na cidade foi a técnica de enfermagem Rosa Maria Santana, de 47 anos, uma das profissionais que estão atuando diariamente no combate ao vírus. O prefeito comemorou esse início da campanha de imunização, que contemplou 29 pessoas. “Muito feliz em fazer parte dessa conquista para o povo milagrense ao lado do secretário de saúde, Diego Santos. Estou muito confiante e esperançoso que vamos derrotar esse inimigo invisível. Milagres vencerá”, disse

Após ter recebido da Secretaria de Estado da Saúde 47 doses da vacina Coronavac, o município de Paripueira iniciou a aplicação da 1º dose da vacina nos profissionais da saúde. O primeiro profissional vacinado foi o Dr. Benedito Martins e Silva. O médico urologista atua no Pronto Atendimento Médico (PAM) Raquel Vasco há 13 anos e tem 73 anos de idade.

“Há doze anos, viemos aqui para celebrar a reabertura deste PAM. Hoje, voltamos aqui para celebrar a vida, a possibilidade de diminuir de acabar com todas as mortes que já ocorreram no mundo. Começamos hoje, demos o pontapé inicial para imunizar toda a Paripueira. Tomem a vacina, não tenham medo! A vacina é o único meio seguro para vencermos o novo corona vírus”, disse o prefeito Abrahão Moura.

Já na Barra de Santo Antônio, as 51 doses recebidas também serão usadas nos profissionais que estão na linha de frente do enfrentamento ao vírus. Nesta primeira fase, apenas os trabalhadores da saúde, idosos institucionalizados e indígenas (aldeados) receberão a vacina. Em suas redes sociais a prefeita Lívia Carla, expressou o contentamento com o início da vacinação.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH