Brasil

19 de setembro de 2020 09:59

 Guarapari, o melhor destino turístico do Espírito Santo

Bela cidade se prepara para a alta temporada exibindo o que tem de melhor  

↑ Guarapari tem mais de 50 praias para todos os gostos; em duas delas, as famosas e curativas áreas monazíticas se destacam (Foto: Divulgação)

Guarapari, a pouco mais de 50 quilômetros de Vitória, capital do Espírito Santo, se transformou nos últimos anos no principal destino turístico de lazer do Estado. Com 50 praias, 10 consideradas entre as mais belas da Região Sudeste, uma rede hoteleira das mais modernas, e ótima exploração do turismo rural, ecológico e, sobretudo, aquele ligado a saúde, devido às areias monazíticas encontradas em algumas de suas praias, essa bela cidade, depois de meses fechada pelo isolamento social em decorrência a pandemia do coronavírus, se prepara para a alta temporada exibindo o que tem de melhor.

O nome “Guarapari” é de origem indígena onde “Guará” se refere à ave de plumagem vermelha Guará, e “parim” à arma utilizada pelos povos indígenas locais para a caça do animal, que era muito comum na região. Nessa cidade, tradição, história e cultura se fundem para ter no turismo uma de suas principais atividades econômicas. Privilegiada não só pela natureza, Guarapari teve a sorte de ter abrigado durante o período colonial, uma das figuras mais expressivas da Igreja e da própria história do Brasil, o Padre José de Anchieta. Queria ele que os padres amassem seus índios, apoiasse a catequese, a civilização e liberdade dos mesmos. A semente germinou a ideia para a criação desta cidade que pode ser vista através de manifestos feitos por Anchieta em quase todos os lugares.

E se você gosta de curtir as férias de verão com muita sombra e água fresca, deveria considerar uma visita a Guarapari. A cidade do litoral do Espírito Santo tem mais de 50 praias e para todos os gostos: para agitar, para relaxar, para surfar e para levar a criançada. Dez de suas praias estão entre as mais belas do Sudeste: Praia dos Namorados, Praia de Areia Preta, Praia Bacutia, Praia Castanheiras, Paia das Virtudes, Praia do Morro, Praia Peracanga, Praia Vermelha, Meaípe e Praia dos Padres.

Áreas monazíticas famosas pelo turismo de saúde

E em pelo menos duas praias da cidade, a da Areia Preta e de Meaípe, avança, há anos, um turismo ligado à saúde.

Nessas praias se encontram as famosas e curativas áreas monazíticas, onde diversos estudos já apontaram para a relação entre a menor incidência de câncer de mama em mulheres no município e as propriedades das areias monazíticas.

Essas areias são essenciais no tratamento de várias doenças, além da prevenção do câncer de mama.

A cidade se tornou um espaço de referência mundial no tratamento de várias doenças com areias monazíticas. Não é raro ver, na cidade, moradores e turistas passando areia em partes do corpo por acreditarem que trazem benefícios à saúde, principalmente em casos de reumatismo, artrites, nevralgias, mialgias e enfermidades musculares.

Um projeto que esta nascendo em Guarapari é tornar a cidade uma estância radioclimática, ou seja, uma clínica natural ao ar livre, em plena praia, projetando a cidade nacional e internacionalmente como a Cidade Saúde, além de atrair pesquisadores e turistas.

Fonte: Tribuna Independente / Texto: Claudio Bulgarelli – Enviado especial

Comentários

MAIS NO TH