Interior

16 de junho de 2020 12:37

Radialista morre 12 dias depois de perder filha para Covid-19

Câmara de Vereadores emitiu nota de pesar pela morte de Edvaldo Silva

Doze dias depois de perder a filha para a Covid-19, o radialista Edvaldo Silva também foi vitimado pela doença e faleceu na madrugada desta terça-feira (16), no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

Edvaldo Silva tinha 64 anos e sua morte representa uma perda lamentável para a área da comunicação de Arapiraca e todo o interior de Alagoas.

Edvaldo Silva estava internado há dez dias no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, e faleceu na madrugada de hoje. O radialista era pai da assistente social Iza Castro, que também faleceu em decorrência da Covid-19, no último dia 4, no Hospital Santa Rita, em Palmeira dos Índios.

O radialista também é pai do jornalista Igor Castro, que atualmente é assessor de comunicação do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, em Arapiraca.

História no Rádio

Com 42 anos de carreira, o radialista Edvaldo Silva faz parte da história do rádio em Arapiraca e em outras cidades do interior. Ele iniciou sua careira na Rádio Novo Nordeste AM, no início da década de 1980, e atuou como repórter de rua, comentarista esportivo e âncora de programas jornalísticos em diversas rádios de Arapiraca.

Seu trabalho mais recente foi na Rádio Sampaio FM, em Palmeira dos Índios, onde trabalhava há 15 anos.

Nota da Câmara

Em nome da Câmara Municipal de Arapiraca, o presidente da Casa, Jário Barros, em nota divulgada na imprensa local, lamentou as mortes de Dom Valério Breda, bispo diocesano de Penedo, e do radialista Edvaldo Silva, ocorridas nesta terça-feira (16).

Na nota de pesar

O presidente do Legislativo arapiraquense, em nome dos 17 vereadores da Casa Vereadora Herbene Melo e demais servidores, destacou que Dom Valério Breda, homem de fé e de coração grandioso, deixará seu legado na comunidade católica do município de Arapiraca, onde inclusive foi agraciado com a Comenda Manoel André, outorgada pela Câmara Municipal de Arapiraca, em 2019.

Jário Barros ressaltou o brilhante trabalho de Dom Valério como evangelizador da Palavra de Deus, ao longo desses 23 anos à frente da Diocese de Penedo. “Que as boas lembranças deixadas por Dom Valério Breda superem este momento de tamanha dor e tristeza”, disse em nota.

O presidente da Câmara Municipal de Arapiraca também lamentou a morte do radialista Edvaldo Silva, um dos baluartes da comunicação alagoana, que nos deixou aos 64 anos.
“Não é só a comunicação de Arapiraca que está em luto, mas toda a sociedade alagoana, que perde um dos mais importantes profissionais da área, que sempre levou o nome da cidade para outras fronteiras com a sua comunicação”, enfatizou Barros.

Fonte: Davi Salsa Sucursal Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH