Interior

5 de junho de 2020 18:09

Hospital Regional do Norte será entregue no dia 30 deste mês

Unidade vai contar com 60 leitos para atender pacientes com o novo coronavírus

↑ Alexandre Ayres e engenheiros analisam projeto da obra do Hospital Regional do Norte (Foto: Igor Nascimento / Agência Alagoas)

Em mais uma medida para enfrentar a pandemia do novo coronavírus, o governo de Alagoas irá inaugurar, no dia 30 deste mês, o Hospital Regional do Norte, localizado em Porto Calvo. A boa notícia para os moradores do litoral norte alagoano foi anunciada nesta sexta-feira (5), pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, que inspecionou o andamento da obra e revelou que serão abertos 50 leitos clínicos e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender pacientes com a Covid-19.

A nova unidade hospitalar está sendo construída em uma área de 11.320 m² e recebe investimentos do Tesouro Estadual da ordem de R$ 30,7 milhões. Pelo projeto inicial, o Hospital Regional do Norte tem capacidade para 123 leitos, mas, devido à pandemia do novo coronavírus, a abertura foi antecipada e atenderá, exclusivamente, pacientes com suspeita e que testaram positivo para a Covid-19.

Conforme o projeto elaborado pela equipe técnica da Superintendência de Atenção à Saúde (SUAS), o Hospital Regional do Norte irá contemplar uma população estimada em 166 mil habitantes. Com isso, além de Porto Calvo, serão beneficiados os moradores de São Luís do Quitunde, Jacuípe, Matriz do Camaragibe, Passo do Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Japaratinga, Porto de Pedras e Maragogi.

A medida de antecipar a abertura do equipamento de saúde foi adotada, segundo Alexandre Ayres, devido à disseminação do novo coronavírus na região, que já conta com uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Maragogi, que dispõe de quatro leitos para atender pacientes da Covid-19. “Até esta hoje [sexta-feira, 5] dispomos de 1.066 leitos exclusivos para a Covid-19, mas, mesmo com o esforço do governo de Alagoas, a curva de contágio da doença está aumentando muito rápido e se espalhando pelo interior. Por isso, a nossa luta não para, mas, a população também deve contribuir com o isolamento social”, recomendou.

Contratações

E além de abrir mais 60 leitos para atender pacientes com a Covid-19, o Hospital Regional do Norte irá gerar empregos em Alagoas. Isso porque, conforme revelou Alexandre Ayres, serão contratados mais 500 profissionais de saúde para atuarem no mais novo equipamento de saúde pública do interior do Estado.

“Com planejamento e determinação estamos escrevendo uma nova história na saúde pública de Alagoas. E mesmo em meio à crise e a dor causadas pela pandemia do novo coronavírus, estamos conseguindo assegurar assistência digna a todos os alagoanos. Trabalho que é fruto de muito planejamento e de uma equipe comprometida com o bem-estar dos alagoanos”, salientou Alexandre Ayres.

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH