Interior

23 de maio de 2020 12:17

Maragogi fecha novamente academias de ginástica, barbearias e salões de beleza

Determinação partiu do Tribunal de Justiça de Alagoas a pedido da Defensoria Pública

↑ Maragogi (Foto: Divulgação)

Tudo o que é bom dura pouco. Essa expressão tão popular foi o comentário mais usado nas redes sociais para pequenos empresários e moradores de Maragogi nas últimas 48 horas. É que na quinta-feira, em publicação no Diário Oficial dos Municípios, o prefeito Sérgio Lira, através de novas medidas, decidiu liberar a reabertura de academias de ginásticas, salões de beleza e barbearias. Mas na sexta, atendendo um pedido da Defensoria Pública, o Tribunal de Justiça de Alagoas, determinou o fechamento dessas mesmas atividades, que devem obedecer às determinações do decreto do Governo do Estado. Resultado, nesse sábado, menos de 48 horas, tudo fechado novamente.

Pelo decreto assinado pelo prefeito Sérgio Lira, os salões de belezas e as barbearias poderiam funcionar com um cliente por vez no recinto, tomando todos os cuidados de higiene. Academias e centro de ginástica iriam funcionar em número não superior a dez clientes por turno e, obrigatoriamente, com higienização reforçada dos aparelhos para musculação e ginástica. É bom lembrar que o presidente Jair Bolsonaro classificou essas atividades como serviços essenciais em decreto presidencial publicado no dia 11 de maio.

Mas, segundo a decisão do presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, o município deve respeitar o decreto estadual, que classificou essas atividades como não essenciais. Ele determinou ainda que o município de Maragogi deverá se abster em publicar qualquer outro decreto que contrarie as determinações estaduais de resguardo à saúde pública, neste período de pandemia.

Fonte: TRIBUNA HOJE / Claudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH