Interior

4 de abril de 2020 17:02

Rio Largo investe firme na abertura de poços para suprir deficiência de água

As obras de abastecimento foram iniciadas na última sexta-feira (03), no Conjunto Vilela

↑ Prefeito Gilberto Gonçalves (camisa amarela) fez questão de acompanhar os trabalhos de abertura

A Prefeitura de Rio Largo não está medindo esforços para conter a pandemia do novo coronavírus e o abastecimento de água é um dos fatores essenciais para a limpeza das residências e a higienização das famílias. Na última sexta-feira (03), o prefeito Gilberto Gonçalves acompanhou de perto o início da perfuração de poços artesianos no conjunto Teotônio Vilela, uma das localidades que vem sofrendo com a constante falta d’água causada pela ausência da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) em 90% do município.

De acordo com o prefeito Gilberto Gonçalves, o problema da falta d’água na região é grave e, diante do cenário atual de saúde pública, a população não pode mais esperar uma solução da empresa responsável pelo abastecimento. “Enquanto o mundo todo está engajado para combater o COVID-19, estamos em uma de nossas comunidades para atender uma das maiores reivindicações dos rio-larguenses, que é a carência no abastecimento d’água. É impossível combater o vírus sem água nas residências. Estamos perfurando o segundo poço hoje e diversos outros serão feitos para sanarmos essa carência do nosso povo”, garantiu.

O secretário municipal de Infraestrutura, Gustavo Ferreira, reforçou sobre o problema antigo do abastecimento desde a inauguração do conjunto Teotônio Vilela e a perfuração de poços artesianos é a realização do sonho da população. “O conjunto terá 100% de seu abastecimento suprido”, afirmou.

Fonte: Ascom/ RL

Comentários

MAIS NO TH