Interior

12 de novembro de 2019 11:15

Torneio de futebol em Capela/AL resulta numa grande campanha de solidariedade  

Evento entrou para a sua 17ª, aonde 500 cestas básicas foram arrecadadas para as camadas carentes

↑ Dr. João Dirceu vestido com a camisa do CRB entregando uma das cestas para uma contemplada

Foi no último sábado  que a cidade de  Capela/AL  vivenciou mais uma vez, um dia festivo, mesclado de esporte e solidariedade, cujo evento entrou para a sua 17ª edição, proporcionando um clima de alegria e muita satisfação entre todos os envolvidos. Trata-se do Torneio de Futebol da Justiça, competição articulada pelo juiz João Dirceu, que junto com  empresários, comerciantes, servidores públicos, policiais civis e militares conseguiu arrecadar 500 cestas básicas, que já estão sendo destinadas para as camadas carentes da região.

“O objetivo maior do nosso Torneio sempre foi contar com a ajuda dos amigos para arrecadar cestas básicas e distribuí-las para as pessoas menos favorecidas. Em toda entrega a emoção é muito grande e, se Deus quiser, essa ação vai continuar se repetindo ao longo dos anos”, garantiu entusiasmado Dr. João Dirceu, magistrado que atuou por 11 anos na Comarca de Capela (1998 a 2009), convivência que veio resultar num título de Cidadão Honorário daquela cidade. “Essas atividades beneficentes são importantes para unir as pessoas e concretizar a solidariedade com outras” completou Dirceu, hoje titular da 20ª Vara Cível da Capital.

A competição ocorreu no campo society do Didi, com troféu e tudo mais para os vencedores. “É gratificante acompanhar uma mobilização de solidariedade desta natureza, pois o esporte, principalmente o futebol, é tido como um produto de ouro do povo capelense” argumentou o ex-prefeito de Capela, Valderez Moraes, enaltecendo a estratégia adotada por todos os colaboradores, na busca de meios para ajudar as famílias que enfrentam problemas de ordem social. O ex-presidente da Federação Alagoana de Futebol, Raimundo Soares também marcou presença, além de outras lideranças do Vale do Paraíba.

Fonte: Edmílson Teixeira

Comentários

MAIS NO TH