Esporte

15 de setembro de 2019 09:41

Pedrinho e Loffredo criticam tom ríspido de Neymar contra torcida do PSG

Ex-jogador entende reação de brasileiro, mas diz que "às vezes é melhor não falar verdade". Jornalista diz: "Era a oportunidade para ele ganhar a torcida. Foi para o combate de novo"

↑ Neymar acerta um voleio (ou seria uma puxeta) e faz golaço para o PSG (Foto: Reuters)

As primeiras declarações de Neymar após quase três meses de novela sobre um possível retorno ao Barcelona soaram como um esclarecimento para o craque. Mas também uma resposta à torcida do PSG, que o vaiou e o xingou neste sábado, na vitória por 1 a 0 contra o Strasbourg, após um golaço do brasileiro. E o tom duro do camisa 10, mesmo diante da hostilidade dos parisienses, foi criticado pela bancada do “Troca de Passes”.

O ex-jogador e agora comentarista do Grupo Globo, Pedrinho, reiterou que entende a mágoa de Neymar. No entanto, afirmou que há momentos em que o melhor é não se exaltar e tentar esconder o que, para você, é a verdade.

– Ele, para falar aquilo ali, está se sentindo ofendido por algum motivo. Mas era o momento de se resguardar. Acho que não houve nenhuma orientação nesse sentido, de dar uma resposta para a torcida. Acho que aquilo é dele mesmo. Ele ficou chateado pelas manifestações, que já tinham acontecido. E aí ele faz um gol de bicicleta, no último minuto da partida e ganha a partida, ele se sentiu no direito de dar uma resposta – analisou o ex-jogador.

“Na minha opinião, era a hora de ficar calado. Até porque a janela fechou, ele não vai sair mais”, declarou Pedrinho.

O jornalista André Loffredo concorda com o companheiro de bancada deste sábado no “Troca de Passes”. Ele foi além. Afirmou que Neymar deveria ter adotado um tom mais conciliador para promover um clima mais ameno no PSG.

– Era o momento de ele falar: ‘Olha, torcida do Paris Saint-Germain, estamos juntos, como mostrei. Quero dar mais, já que as negociações me mantiveram aqui’.

“Era a oportunidade para ele ganhar a torcida. No final do jogo muita gente estava aplaudindo ele. E ele foi para o combate de novo”, disse Loffredo.

Foi a primeira partida de Neymar com a camisa do PSG em mais de quatro meses. A última vez que o brasileiro atuou pelo clube foi no dia 11 de maio, pela temporada passada. O Paris encara o Real Madrid na próxima quarta-feira, no Parque dos Príncipes, pela Liga dos Campeões. O brasileiro, no entanto, cumprirá o primeiro de três jogos de suspensão. O camisa 10 deve voltar a campo contra o Lyon, no próximo dia 22.

Fonte: SPORTV

Comentários

MAIS NO TH