Interior

16 de agosto de 2019 16:00

Presidente da Câmara destaca criação de um núcleo do CVV para Arapiraca

Voluntários poderão fazer inscrições neste fim de semana

↑ Jario Barros reforça mobilização da sociedade Foto: Cláudio Roberto (Ascom)

O presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Jario Barros (PRP) chama a atenção da sociedade local para o elevado número de casos de pessoas com depressão, que é considera a doença do século.

Alertando que o assunto deve ser discutido com especialistas, Jario Barros lembra que, neste final de semana, como durante todo o mês de agosto, Arapiraca será palco de palestra na Câmara Municipal de Vereadores, que receberá integrantes do Centro de Valorização da Vida (CVV).

De acordo Barros, a parceria entre a Câmara e o CVV, por meio do Núcleo de Valorização à Vida de Arapiraca (Naviar), será de suma importância para toda a sociedade e demandará ações e atividades para a prevenção do suicídio.

Ele cita dados que mostram Alagoas com média de 4,8 suicídios por 100 mil habitantes e Arapiraca com maior incidência em todo o estado.

No encontro, o Centro de Valorização da Vida (CVV) vai realizar processo de seleção para novos voluntários atuarem nos serviços prestados.

Segundo a presidente da instituição Débora Luana Silva Santos, o CVV oferece apoio emocional e de prevenção ao suicídio para aquelas pessoas que realmente querem e precisam conversar.
“Às vezes, as pessoas estão em um momento de tristeza, depressão, angústia e precisam de alguém para conversar, para acolher sem julgamentos”, disse ela.

O Processo Seletivo de Voluntários (PSV), de acordo com a presidente da entidade, vai acontecer em Arapiraca, neste sábado (17), tendo como local a Câmara de Vereadores.

“Para ser voluntário, o candidato precisa ser maior de 18 anos, ter disponibilidade de, no mínimo, quatro horas semanais para fazer os plantões e gostar de ajudar pessoas”, completou Débora Luana.

Ela esclarece que os atendimentos são sigilosos e acontecem todos os dias. As pessoas podem entrar em contato pelo número 188 que sempre terá um voluntário disponível para atender. O serviço funciona 24 horas.

Maiores informações podem ser acessadas pelo site cvv.org.br onde também está disponibilizado o espaço para a inscrição.
Segundo a presidente do Núcleo de Apoio à Vida de Maceió (NAVIMA), Delza Gitaí, a entidade está solicitando uma Audiência Pública para debater a questão do suicídio em Arapiraca e a aprovação de um projeto de lei determinando o dia 10 de setembro como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Fonte: Tribuna Hoje / Davi Salsa com assessoria

Comentários

MAIS NO TH