Interior

14 de junho de 2019 14:58

Bancários aderem à Greve Geral em Arapiraca

Mais de 500 trabalhadores foram ás ruas da cidade, nesta sexta-feira (14)

↑ Mobilização reuniu sindicatos de várias categorias Fotos: Davi Salsa

Funcionários do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal aderiram à Greve Geral dos Trabalhadores, nesta sexta-feira (14), na cidade de Arapiraca. As duas instituições bancárias ficaram de portas fechadas durante a manifestação.

O protesto também mobilizou professores, urbanitários, previdenciários, funcionários dos Correios, além de entidades de classe, movimentos sociais e trabalhadores e trabalhadoras de outras categorias contra o projeto de reforma da Previdência Social.

Organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), a manifestação mobilizou mais de 500 pessoas, que se reuniram na Praça Luiz Pereira Lima, no centro da cidade, e depois seguiram em caminhada pelas ruas centrais de Arapiraca.

Exibindo faixas e cartazes, para chamar mais uma vez a atenção da sociedade, os trabalhadores também promoveram um ato público no centro comercial e algumas lojas fecharam as portas, com receio da ação de vândalos que poderiam se aproveitar do movimento.

Viaturas da SMTT e do 3º Batalhão Militar de Arapiraca acompanharam a caminhada, que terminou por volta das 11 horas.

Ufal

Também houve manifestação em um trecho da Rodovia AL-115, nas imediações do campus da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), na Capital do Agreste.

Representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra bloquearam um trecho da rodovia. No município de Junqueiro, a manifestação aconteceu na Rodovia BR-101, onde os trabalhadores interditaram os dois lados da pista.

Houve congestionamento de veículos e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local e negociaram com os trabalhadores a liberação da rodovia.

Fonte: Tribuna Hoje / Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH