Interior

1 de maio de 2019 10:37

Nova rota aérea vai beneficiar cidades turísticas em Alagoas

A Azul Linhas Aéreas foi autorizada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) a operar na cidade de Paulo Afonso-BA a partir de Recife-PE

↑ A Azul Linhas Aéreas foi autorizada desde 2017 pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) a operar na cidade de Paulo Afonso-BA a partir de Recife-PE

Tem início na quinta-feira, dia 2 de maio, o voo da Azul Linhas Aéreas na rota Recife-Paulo Afonso, com escala em Maceió, que vai facilitar a ida de alagoanos e turistas a cidades de Delmiro Gouveia e Piranhas, os novos polos turísticos em ascensão do Sertão alagoano. O voo, no entanto, será sempre as segundas e sextas-feiras (ida e volta) e a aeronave utilizada será um turboélice ATR 72-600, com 70 assentos. Partindo de Recife, principal centro de conexões da empresa no Nordeste, a empresa passará a servir a capital pernambucana com 59 decolagens em dia-pico para 30 destinos.

A Azul Linhas Aéreas foi autorizada desde 2017 pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) a operar na cidade de Paulo Afonso-BA a partir de Recife-PE, mas somente agora que o voo se tornou realidade. O voo operado as segundas e sextas, saindo do Recife às 13h10 e aterrissando em Paulo Afonso às 14h30, com escala em Maceió. Da cidade baiana, o voo decolará ás 15h, chegando ao Recife às 16h15. Os bilhetes para os voos estão disponíveis em todos os canais oficiais de venda da companhia aérea.

A rota promete colocar no circuito turístico cidades com grande potencial para o turismo de lazer e de aventura, como e o caso de Piranhas e Delmiro Gouveia. Localizada na região do Cânion do Rio São Francisco, Piranhas é uma das mais antigas cidades de Alagoas e encanta os visitantes pelo estilo barroco de suas casas coloridas, pelo majestoso São Francisco e, também, pela hospitalidade dos moradores.

Fundada no século 19, a cidade ficou conhecida em nível nacional através do filme “Bye Bye Brasil”, do cineasta alagoano Cacá Diegues, na década de 1970. De lá para cá já serviu de cenário para outros filmes nacionais, novelas e séries da TV Globo.

Cidade-lapinha, como é conhecida, Piranhas já foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), tendo como principais atrações turísticas o Museu do Sertão; o Centro de Artesanato, Artes e Cultura; os barzinhos do centro histórico e da orla fluvial e o Mirante do Século 19.

Há outros atrativos turísticos mais afastados da cidade, como a Hidrelétrica de Xingó; os passeios de saveiro ou catamarã no Lago de Xingó até o riacho do Talhado – entre os municípios alagoanos de Olho D´Água do Casado e Delmiro Gouveia –, onde há uma parada para refrescantes banhos.

Há, ainda, a trilha ecológica do rio Capiá, em meio à Caatinga, e passeios pelo Velho Chico em direção à Gruta de Angicos (do lado sergipano, ali onde foram assassinados Lampião e Maria Bonita), assim como ao povoado de Entremontes, famoso por seu rico artesanato em redendê e ponto-de-cruz.

Fonte: Tribuna Independente / Texto: Claudio Bulgarelli – Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH