Interior

19 de março de 2019 08:07

PM que atirou em colega de farda, foge para Maceió e morre em troca de tiros

Há a suspeita de que o autor do homicídio devia uma quantia em dinheiro à vítima

↑ Soldado Farias ingressou na PMAL em 2010 (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma dívida pode ter sido a motivação para o assassinato do soldado da Polícia Militar de Alagoas, Ivanilton Leão Farias, de 44 anos. Ele foi morto na noite de ontem (18) por um colega de farda identificado como Valterly Barbosa de Lima, lotado como sargento na 1ª Companhia da Polícia Militar de São Miguel dos Campos. O homicídio foi registrado no bairro Brasília, em Arapiraca.

O sargento Valterly após o crime teria fugido para Maceió, sendo alcançado por uma guarnição do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Em uma troca de tiros o suspeito pelo homicídio de Ivanilton acabou sendo atingido e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu nesta terça-feira (19).

Sargento Valterly Lima, autor do crime contra colega de farda (Foto: Arquivo pessoal)

Valterly teria matado Ivanilton durante uma discussão supostamente por conta de uma dívida. Segundo a polícia, após o ilícito o sargento fugiu para Maceió, onde foi localizado por agentes do Bope e da Rádio Patrulha da Capital alagoana, nas proximidades da empresa de telemarketing Alma Viva, no Bairro Benedito Bentes.

Mais dois homens, de identidades não reveladas, que estavam na companhia do sargento foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes, em Maceió.

 

Fonte: Tribuna Hoje, com agências

Comentários

MAIS NO TH