Interior

18 de março de 2019 09:13

Discussão teria motivado atentado contra policial

Damião Basiliano foi atingido de raspão na região da cabeça por suspeito que fugiu com a ajuda de um comparsa

↑ O PM Damião Brasiliano estava de folga e participava de uma festa (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma discussão num bar na cidade de Carneiros, Sertão de Alagoas, teria sido a motivação do atentado contra um policial militar neste domingo (17). Informações dão conta de que um dos suspeitos tinha assediado a filha do agente da segurança pública.

Uma dupla foi detida por policiais do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) suspeita da tentativa de homicídio. O fato aconteceu na madrugada de ontem durante uma festa numa praça pública em Carneiros.

Damião Basiliano, de 43 anos, foi atingido de raspão na região da cabeça. Um dos jovens teria se aproximado da filha do policial e a assediado, a vítima se aproximou e afastou o rapaz, que saiu do local e retornou com uma arma de fogo. O atirador deixou o local com a ajuda de um comparsa.

Em seguida, uma força-tarefa foi articulada para a captura dos suspeitos, com o apoio do 7º BPM. Os dois suspeitos, que não tiveram a identidade divulgada, foram localizados em uma casa no bairro Floresta, em Santana do Ipanema.

Eles foram levados até a 2ª Delegacia Regional de Polícia onde foram ouvidos pela equipe de plantão e pelo delegado Emanuel David, de São José da Tapera.

Fonte: Tribuna Hoje, com agências

Comentários

MAIS NO TH