Interior

14 de dezembro de 2018 09:05

Litoral Norte aposta recorde de vendas na alta temporada

A expectativa é muito boa por parte dos lojistas, que esperam que as vendas sejam também alavancadas com o 13º salário dos servidores públicos

↑ Praias e piscinas naturais de Japaratinga oferecem um mar belo e calmo verde esmeralda, com a vantagem da tranquilidade e calmaria dentre os destinos turísticos encontrados no Litoral Norte alagoano (Foto: ICMBio / Cortesia)

As vendas no comércio das quatro principais cidades da região Norte, São Luís do Quitunde, Matriz de Camaragibe, Porto Calvo e Maragogi, ainda não decolaram, mas os comerciantes esperam recordes para este fim de ano. As três primeiras cidades contam com a força do pagamento de dezembro e do décimo terceiro das usinas de açúcar. Maragogi tem o reforço do dinheiro vindo dos milhares de turistas que estão chegando. A expectativa é muito boa por parte dos lojistas, que esperam que as vendas sejam também alavancadas com o 13º salário dos servidores públicos.

Em Maragogi, por exemplo, as lojas do centro estão no clima de Natal e Ano Novo. A cidade, que é o segundo polo turístico de Alagoas, aposta todas suas fichas nas datas de fim de ano, que são bastante esperadas, sobretudo pela chegada de milhares de turistas de todo o Brasil. Os lojistas estão apostando, primeiramente, na venda de roupas, calçados e acessórios para os próprios moradores, que cresce para o Réveillon, além dos tradicionais presentes natalinos.

Muitos outros lojistas de pequeno comércio, que representa quase 100% do comércio dessas cidades estão ansiosos para que o décimo terceiro salário seja depositado nas contas dos trabalhadores, especialmente dos servidores municipais, que jogaria no mercado alguns milhões de reais para serem gastos em roupas e presentes diversos. O município de Maragogi conta com um dos principais centros comerciais da região Norte, competindo com Porto Calvo e São Luís do Quitunde.

No setor de turismo, são os municípios do litoral que esperam pela alta temporada. São Miguel dos Milagres e Maragogi lideram como sempre as reservas em hospedagens para o fim de ano. Pequenos empresários do ramo de artesanato, lanchonetes e restaurantes, além dos guias de turismo, que inclui os bugueiros e os marinheiros que levam turistas até as piscinas naturais, e por fim os empreendedores turísticos e donos de pousadas e hotéis,  acreditam numa alta temporada igual ou melhor do que no ano passado.

Fonte: Tribuna Independente / Cláudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH