Interior

13 de novembro de 2018 17:00

Acusado de matar homem após acidente de trânsito será julgado

Ionas da Silva estaria bêbado quando colidiu com o veículo da vítima, em São José da Tapera; mais 13 júris estão programados para o dia

↑ São José da Tapera (Foto: Ilustração)

A programação do Mês do Júri em Alagoas tem 14 júris previstos para esta quarta-feira (14). O Poder Judiciário pautou, para o mês de novembro, 150 processos que envolvem crimes contra a vida na capital e no interior. A força-tarefa é promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e acontece até o dia 30, em parceria com o Ministério Público, Defensoria Pública e os órgãos de segurança do estado.

Em São José da Tapera, Ionas da Silva Santos será julgado pelo crime de homicídio contra Fernando dos Anjos Amorim. A sessão terá início às 9h30 e será conduzida pelo magistrado Thiago Augusto Lopes de Morais.

Segundo a denúncia, Ionas da Silva estava na festa de aniversário de sua irmã, quando o estoque de bebidas alcoólicas acabou e ele foi com o cunhado comprar mais.

O réu, que estaria bêbado e não tinha habilitação, teria pego a moto de um dos convidados, dirigindo em alta velocidade até colidir com o veículo da vítima. Após uma discussão entre acusado e vítima, Ionas da Silva efetuou três disparos de arma de fogo contra Fernando, mas a arma não funcionou.

De acordo com testemunhas, Fernando ainda implorou para que não o matasse, assim como o cunhado do acusado tentou convencê-lo a parar. Ionas da Silva ignorou os pedidos e atirou mais uma vez, causando a morte de Fernando.

Mesmo com a vítima caída no chão, o réu ainda teria tentado atirar mais uma vez contra a cabeça de Fernando, mas a arma voltou a falhar. Após o crime, o Ionas fugiu a pé, porque a moto não ligou.

Estão previstos júris também em Arapiraca, Cacimbinhas, Joaquim Gomes, Maragogi, Olho D’Água das Flores, Pão de Açúcar, Penedo, Rio Largo, Teotônio Vilela, União dos Palmares, e na capital. Esta semana, a expectativa é realizar 35 sessões.

Fonte: Dicom do TJ/AL / Texto: Thaynara Monteiro

Comentários

MAIS NO TH