Interior

7 de novembro de 2018 19:58

Acusados de assassinar policial militar são condenados em Penedo

Jadson Batista recebeu pena de mais de 22 anos e Leandro dos Santos cumprirá 21 anos

↑ Imagem ilustrativa

O Conselho de Sentença da Comarca de Penedo condenou Jadson Batista Soares Santos e Leandro dos Santos pela morte do policial militar Laércio Santos Lira, ocorrida em agosto de 2016. O primeiro réu recebeu a pena de 22 anos e seis meses de reclusão. Já o segundo deverá cumprir 21 anos de prisão.

O julgamento, que integrou o Mês Nacional do Júri, ocorreu nesta quarta-feira (7) e foi conduzido pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva, titular da 4ª Vara de Penedo. De acordo com o magistrado, os jurados rejeitaram a tese da defesa, de negativa de autoria, e condenaram os réus por homicídio duplamente qualificado. A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado.

Caso

Segundo a denúncia do Ministério Público de Alagoas, Laércio Santos foi atingido por vários disparos de arma de fogo. O crime teria sido encomendado por Jadson Batista. Ainda de acordo com o MP/AL, o réu achava que o PM, que estava na reserva, denunciava para outros policiais e dificultava o tráfico de drogas da região. Já o segundo acusado, Leandro dos Santos, foi apontado como sendo o responsável pelos disparos.

Fonte: Redação com assessoria TJAL

Comentários

MAIS NO TH