Interior

2 de outubro de 2018 16:17

Justiça leva a júri acusado de matar homem após briga por quatro reais

Segundo denúncia, o réu Alessandro da Silva não quis pagar dívida adquirida em jogo de dominó

↑ Fórum de União dos Palmares (Foto: Caio Loureiro / Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas)

A 3ª Vara Criminal de União dos Palmares leva a júri popular, na próxima quarta-feira (3), às 9h, o réu Alessandro Ricardo da Silva, acusado de matar Edvaldo Pedro da Silva durante uma discussão após um jogo de dominó em outubro de 2015. O júri será conduzido pelo juiz Anderson Santos dos Passos.

Segundo a denúncia do Ministério Público de Alagoas, o réu e a vítima estavam jogando dominó num bar improvisado, no dia 10 de outubro de 2015, por volta das 16h, quando a vítima cobrou a importância de quatro reais que teria ganho nas apostas durante as partidas.

Por Alessandro não querer pagar a dívida, iniciou-se uma discussão entre ambos. Uma terceira pessoa que estava presente no bar ofereceu R$ 15 para cobrir a dívida. No entanto, a briga continuou e o réu pegou uma faca peixeira que estava no local e desferiu um golpe no peito da vítima, que morreu instantes depois.

Após o crime, Alessandro da Silva fugiu do local montado em seu cavalo. O réu será julgado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil.

Fonte: Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas / Texto: Thaynara Monteiro

Comentários

MAIS NO TH