Interior

6 de setembro de 2018 23:37

Moradores de São Luiz do Quitunde se unem para tentar salvar criança com microcefalia

Sarah sofre de microcefalia e não consegue andar, sentar e falar

↑ Foto: Divulgação

O brasileiro, considerado um dos povos mais violentos do mundo, dado o alarmante número de assassinatos banais que ocorrem todos os anos, exibe um outro lado, aquele da solidariedade, que muitas vezes surpreende. Prova disso está acontecendo em São Luís do Quitunde, na região Norte, onde moradores, comovidos com o drama da pequena Sarah Isabela dos Santos, de apenas dois anos e quatro meses, se uniram para colaborar com o tratamento da criança, que tem microcefalia e a mãe Maiara Patrícia Santos, de 25 anos, não tem condições de pagar o tratamento da garotinha.

A pequena Sarah sofre de microcefalia e não consegue andar, sentar e falar. Na semana passada, no entanto, iniciou um tratamento em uma clinica particular de Maceió. Já na primeira sessão a mãe ficou muito feliz com a rápida evolução da menina. Mas o problema é que o tratamento custa cerca de R$ 580,00 mensais, sem contar com as outras despesas.

A mãe, apesar da alegria inicial, conta que não tem condições de arcar com o tratamento, pois conta somente com o benefício da criança, que serve também para pagar aluguel, alimentação, gás e outras despesas. No início da semana ela começou a fazer rifas para arrecadar o valor do tratamento. E se surpreendendo com a adesão das pessoas.

Uma das rifas criadas pela população de São Luís do Quitunde será sorteada no dia 24 de novembro de 2018 com o sorteio de uma cobertura de uma festa infantil, com um bolo infantil para 40 pessoas, além da decoração. O valor da rifa custa apenas R$ 10,00. Todos os prêmios foram doados. Outra rifa com outros prêmios também será sorteada no dia 27 de outubro desse ano.

A mãe da garota informou que faz tratamento de fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia pelo Sistema Único de Saúde. Mas o método pandovan, que está sendo usado, serve para incrementar no desenvolvimento do andar e falar.

Quem quiser ajudar ou fazer doação pode depositar através da conta bancária: conta poupança da Caixa Econômica Federal, agência 2047, operação 013 e número 67002-6, titular Maria Marcia Santos Silva (irmã de Maiara), ou entre em contato com o número 99157-3945.

 

Fonte: Sucursal Região Norte / Claudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH