Interior

7 de junho de 2018 19:59

Odebrecht demite cem trabalhadores em menos de um mês

Entre os 50 demitidos estão motoristas, carpinteiros, armadores e ajudantes

↑ Entre os 50 demitidos estão motoristas, carpinteiros, armadores e ajudantes (Foto: Reprodução)

A construtora Odebrecht, responsável pelo trecho 4 do Canal do Sertão, demitiu mais 50 trabalhadores da obra.

A assessoria de imprensa da empresa confirma as demissões – menos de um mês após ter demitido outros 50 funcionários. A explicação é que houve diminuição no repasse de recursos, uma vez que a obra é executada com o dinheiro enviado ao Estado pelo governo federal, através do Ministério da Integração Nacional.

A Assessoria da construtora ainda adiantou a possibilidade de uma das equipes, que trabalha na construção do túnel por onde vai passar o Canal, no município de São José da Tapera, também seja demitida. Se isso acontecer os turnos serão diminuídos, não obedecendo ao período de 24 horas por dia, o que retardaria a sua conclusão.

Entre os 50 demitidos estão motoristas, carpinteiros, armadores e ajudantes. Alguns deles tinham menos de um mês de serviços prestados; outros começaram desde fevereiro deste ano. Alguns desses trabalhadores são da própria região onde as obras estão acontecendo, entre os municípios de São José da Tapera e Senador Rui Palmeira.

Fonte: Da redação com agências

Comentários

MAIS NO TH