Interior

23 de maio de 2017 16:30

Fiscalização Preventiva Integrada resgata cerca de 1500 animais em nove dias

Animais resgatados em fiscalização são encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres

Cerca de 1500 animais foram resgatados nos primeiros 9 dias da Fiscalização Preventiva Integrada do São Francisco – coordenada pelo Ministério Público Estadual (MPE). A equipe veterinária do Instituto do Meio Ambiente (IMA) cuida dos bichos que não se encontram com condições de soltura e já encaminhou 94 deles ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Ibama).

“A equipe de fauna recepciona os animais resgatados que eram criados de forma ilegal. Muitos deles se encontram em situações de maus-tratos, os quais, assim que chegam na base e são avaliados, passam por tratamentos e cuidados intensivos para sua recuperação”, comentou Epitácio Correia, gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação.

A equipe de fauna da FPI montou, no município de Arapiraca, uma estrutura para recebimento dos animais. Cerca de mil animais, que estavam em boas condições e tinham capacidade de reintegração à natureza, já foram soltos em locais apropriados.

Segundo Ana Cecília Pires, veterinária e consultora ambiental do IMA, os animais encaminhados para o Cetas apresentavam algumas características que impossibilitavam a soltura.

“Alguns animais chegam com as penas cortadas, ou ausência de algumas delas, impedindo voo para serem soltas, necessitando passar um tempo no Cetas para crescimento e recuperação das penas íntegras. Há também animais que não são de ocorrência em Alagoas e que devem ser repatriados para o estado onde há ocorrência deles”, explicou.

Os técnicos relataram, também, o resgate de alguns filhotes que necessitam de maior cuidado. Os que não chegaram em fase adulta estão sob cuidados dos veterinários que contam com o apoio da rede de supermercados Unicompras para obtenção dos alimentos necessários para a dieta destes filhotes.

Alem do IMA e do Ibama, fazem parte da FPI do São Francisco, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), a Polícia Militar de Alagoas (PMAL), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Polícia Rodoviária Federal (PRF/AL), Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), entre outros órgãos estaduais e federais.

As ações das equipes da FPI tiveram início no dia 15 e seguem até 26 de maio.

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH