Interior

6 de janeiro de 2017 10:00

Sindicato acusa ex-prefeito de ter utilizado recursos do Fundeb ilegalmente

Entidade entrou com denúncia de desvio de recursos e irresponsabilidade administrativa contra o ex-prefeito interino de Canapi, Genaldo Soares Vieira

O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Canapi (Sindscan) apresentou na quinta-feira (5) denúncia de desvio de recursos e irresponsabilidade administrativa contra o ex-prefeito interino, Genaldo Soares Vieira, que assumiu o cargo no ano passado, após o afastamento de Celso Luiz (PMDB).

Na denúncia encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República em Arapiraca, o sindicato acusa Genaldo de utilizar irregularmente mais de R$ 7,5 milhões oriundos do Fundeb. A entidade destaca que, após o afastamento de Celso Luís, por suspeita de desvios na ordem de R$ 10 milhões, restaram R$ 7.576.547,58 do Fundeb nos cofres da prefeitura.

No texto, os sindicalistas argumentam que o dinheiro foi liberado por decisão monocrática da conselheira substituta do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ana Raquel Ribeiro Sampaio Calheiros, “a horas do fim do mandato, cumprida pelo gerente do Banco do Brasil de Canapi sem um oficio ou alvará”, o que requer das entidades ministeriais um acompanhamento, fiscalização, investigação e punição.

Segundo a denúncia, no dia 27 de dezembro de 2016, Genaldo utilizou os R$ 7,5 milhões para o pagamento de várias pessoas jurídicas e físicas, na contramão da decisão que autorizava a utilização dos recursos apenas para despesas enquadráveis na legislação do Fundeb, ou seja, na educação municipal.

A reportagem tentou contato com o ex-prefeito Genaldo Vieira, mas não houve êxito.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH