Esporte

27 de novembro de 2021 08:06

CRB vai encarar o Operário neste domingo para fazer história

O Galo é o quinto colocado, com 60 pontos, e precisa vencer fora de casa

↑ Meia Renan Bressan entrou nos últimos jogos e ganhou a condição de titular no CRB na Série B (Foto: Francisco Cedrim / Ascom CRB)

Ganhar ou ganhar. Não dar chances para o azar. Fazer primeiro sua parte e confiar que o Sampaio Correa vai ao menos empatar com o Avaí. É desse jeito que o CRB entra em campo neste domingo, às 16h, no estádio Germano Krugger, para encarar o Operário-PR, na cidade de Ponta Grossa.

O Galo é o quinto colocado, com 60 pontos, e precisa vencer fora de casa. Assim, a chance de acesso é de 14%. Titular da equipe regatiana, Guilherme Romão falou do que espera da partida e definiu como o jogo da vida.

“O Operário, apesar de ter sua vida na competição já decidida, vai querer vencer para terminar bem a competição. O grupo sabe da responsabilidade que terá nesta partida e está muito focado nela. Vamos para o jogo da vida de todos aqui. Estamos muito motivados”.

A delegação regatiana antecipou a viagem para Ponta Grossa e treina ainda neste sábado lá. Os zagueiros Gum e Ewerton Páscoa, o volante Jean Patrick e o atacante Careca não jogam no domingo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Assim, a tendência é que a dupla de zaga seja formada por Frazan e Caetano. A provável escalação do CRB tem: Diogo Silva; Celsinho, Frazan, Caetano e Romão; Claudinei, Wesley, Diego Torres e Renan Bressan; Emerson e Pablo Dyego.

“Vai ser uma rodada de grandes emoções, sem nenhuma dúvida. Não temos como prever nada. Queremos esse acesso para o CRB. Seria algo marcante na carreira de todos e para o clube, que vem lutando nos últimos anos por isso. Queremos dar esse presente ao nosso torcedor, que merece muito”, disse Renan Bressan.

Com 45 pontos, a equipe de Ponta Grossa ocupa a 15ª colocação e não corre mais risco de rebaixamento. Conquistou 12 vitórias, 9 empates e sofreu 16 derrotas; aproveitamento de 40,5%. A equipe alvinegra marcou 33 gols e levou 45.

O Operário-PR venceu apenas um dos últimos cinco jogos: derrotou o Remo, por 2 a 1, em casa. No mais, perdeu para Brusque (fora), Botafogo (fora) e Coritiba (fora) e empatou com o Goiás (casa).

Fonte: Tribuna Independente

Comentários