Esporte

20 de julho de 2021 09:01

CSA faz projeção de seis pontos em casa pela Série B

Técnico Ney Franco terá pouco tempo para treinamentos e deve manter a base que venceu na última rodada do campeonato

↑ Ney Franco está projetando seis pontos nos próximos dois jogos do CSA na Série B (Foto: Assessoria)

CSA e Vasco se enfrentam às 21h30 desta quarta (21), no Estádio Rei Pelé. No sábado (24), às 21h, o Azulão volta ao Trapichão para encarar o Vitória. São dois jogos em sequência dentro de Maceió, onde nas projeções da comissão técnica maruja, o objetivo são os seis pontos. A situação de tabela ainda é delicada. Com a vitória sobre o Operário, o CSA terminou a rodada em 11º lugar, com 14 pontos. A equipe tem 42,4% de aproveitamento na Série B. São quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas.

“Tem um grau de importância enorme não só pela pontuação, mas também no aspecto psicológico tendo em vista que foi o segundo jogo meu. Coloquei algumas ideias diferentes da forma de como a equipe vinha jogando nos últimos jogos. Trabalhamos com dois meias, tentando usar o potencial dessa equipe. Tomara que na quarta-feira, tenhamos competência para recuperar esses atletas fisicamente e conseguir jogar forte e não tropeçar em casa diante do Vasco da Gama. O objetivo nosso é ter duas vitórias em casa: contra o Vasco e o Vitória”, explicou o técnico Ney Franco.

O CSA enfrenta o Vasco com o sinal amarelo ligado. Oito jogadores estão pendurados, são eles: Matheus Felipe, Lucão, Fabrício, Geovane, Yuri, Giva Santos, Reinaldo e Marco Túlio. O zagueiro Matheus Felipe, o volante Yuri e o atacante Reinaldo foram punidos na vitória contra o Operário-PR, no último sábado.

Thiago Rodrigues recebeu o terceiro amarelo e vai cumprir suspensão contra o Vasco. Lucas Frigeri deve ser o escolhido para ocupar a vaga. O lateral-direito Cristovam seguem em tratamento no Departamento Médico. Iury Castilho faz trabalho de fortalecimento muscular.

O confronto da última rodada servirá de base para os próximos. “Saímos de um jogo muito difícil. Um jogo de muita estratégia dos dois lados, principalmente do nosso lado. Nós avaliamos muito o adversário, percebemos que era um time que tem se destacado na competição, com jogadas pelas laterais, principalmente com o Pimpão jogando aberto. Eu preferi fazer uma mudança na linha de quatro, trouxe o Yuri para fazer a lateral, bater junto com o Pimpão. A equipe toda jogou bem, mas queria acrescentar essa entrega do Yuri na posição. Foi muito bem”, detalhou o treinador.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH