Esporte

8 de maio de 2021 20:38

CSA e CSE ficam no 1×1 e clube de Maceió leva vantagem do empate para o jogo de volta

Tricolor vencia em Palmeira dos Índios até os minutos finais, quando Iury deixou tudo igual

↑ CSE 1x1 CSA em Palmeira dos Índios (Foto: Augusto Oliveira / Ascom CSA)

CSA e CSE iniciaram a disputa por uma à semifinal do Campeonato Alagoano de 2021 de forma emocionante. Jogando neste sábado (8) no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, os times lutaram pela vitória, mas tiveram que se conformar com um empate em 1×1. Melhor para o CSA que, por ter classificação melhor na primeira fase da competição, jogará no Estádio Rei Pelé na próxima terça-feira (11) podendo empatar para chegar à final.

Primeiro tempo

O primeiro tempo foi de muita marcação e pouquíssimas chances em gol, já que o CSA demorou a conseguiu acertar o alvo. Marco Túlio e Dellatorre quando conseguiram atacar, mandaram a bola para fora.

Aos 43, o CSA criou a primeira grande oportunidade. Em jogada de Marco Túlio pela esquerda, ele lançou Patrick Brey entre dois defensores do CSE. O lateral mandou na entrada da pequena área e Dellatorre, atrapalhado por Marquinhos – que chegava como elemento surpresa, mandou fraco no meio, mas mesmo assim exigindo grande defesa do goleiro Alexandre.

Em escanteio as 47 minutos da primeira etapa veio o gol do time da casa. Em grande cruzamento de Dakson, o zagueiro Jan Pieter subiu sem marcação e cabeceou para abrir o placar, 1×0.

Segundo tempo

Bruno Pivetti fez as primeiras mudanças no CSA aos 11 minutos de jogo. Entrou Ítalo no lugar de Aylon e o volante Gabriel Tonini fez sua estreia pelo clube entrando na vaga de Marquinhos.

O CSE teve boa chance aos 13 minutos, quando o lateral esquerdo Jackson chutou para defesa de Darley, no rebote Luizinho chutou fraco para nova defesa do arqueiro azulino.

Aos 20, mais uma chance do time da casa. Em bola cortada após cobrança de falta do experiente Dakson, Luizinho mandou um sem pulo no canto esquerdo de Darley. Mesmo fraca, a bola pulou e deu trabalho para o goleiro, que a mandou para escanteio.

ALTERAÇÕES

Em período sem grandes emoções várias alterações foram feitas. No CSA, Nadson entrou no lugar de Marco Túlio. O ex-jogador do CSA e capitão do CSE, Cristiano, também saiu, para a entrada de Gabriel Camilo. Outra modificação no time do Mutange foi a entrada de Iury, na vaga deixada por Dellatorre. Em seguida, foi a vez do lateral esquerdo Danilo, da base do CSA, entrar no lugar de Patrick Brey. Dakson saiu para entrar Cleiton no tricolor de Palmeira.

CSA PRA CIMA

Após a entrada de Iury, Danilo e Nadson o CSA melhorou. Em cruzamento de Danilo, aos 36, Iury cabeceou na trave. A bola voltou para a área e Bruno Mota tentou também de cabeça, a bola desviou na zaga e bateu no travessão ao ir para fora.

Aos 37, em cruzamento na área, o goleiro Alexandre espalmou para a entrada da área. Geovane bateu e a bola foi mais uma vez no travessão.

A insistência do CSA deu resultado. Aos 45, Ítalo chegou pela ponta direita e cruzou para Iury. Ele ganhou da zaga e bateu sem chances para Alexandre, dando números finais à partida, 1×1. Foi o primeira gol do centroavante com a camisa do CSA.

Iury comemora o gol de empate (Foto: Augusto Oliveira / Ascom CSA)

O CSE ainda fez duas modificações antes do final. Luizinho saiu para entrar Cleber e Jupí entrou no lugar de Stuart.

As equipes voltam a se enfrentar na terça-feira (11), às 20h, no Estádio Rei Pelé.

CSE 1×1 CSE

CSE: Alexandre; Ailton, Bahia, Jan Pieter e Jackson; Cristiano (Gabriel Camilo), Emerson, Stuart (Jupí) e Alan; Dakson (Cleiton) e Luizinho (Cleber). Técnico: Jaelson Marcelino.

CSA: Darley; Cristovam, Wellington, Lucão e Patrick Brey (Danilo); Geovani, Marquinhos (Gabriel Tonini), Bruno Mota e Aylon (Ítalo); Marco Túlio (Nadson) e Dellatorre (Iury). Técnico: Bruno Pivetti.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Bruno Martins

Comentários