Esporte

30 de outubro de 2020 09:26

CRB contrata atacante Daniel Amorim

Jogador que estava no Avaí- SC se integra à delegação alvirrubra que está em Cuiabá e pode se regularizado ainda nesta sexta (30)

↑ Daniel Amorim, ex-Avaí, foi confirmado como atacante do CRB (Foto: Ascom/Avaí)

O CRB contratou mais um centroavante para assumir a camisa 9 do Galo. Daniel Amorim, de 31 anos, já está acertado com o clube e deve ter o nome publicado nesta sexta (30) no Boletim Informativo Diário (BID).

O reforço viajou na tarde desta quinta (29) para Mato Grosso, onde se integra à delegação regatiana para o confronto contra o Cuiabá, sábado (31), às 22h, pela 19ª rodada do Brasileiro.

Daniel estava no Avaí e chega ao CRB com o desafio de ocupar a vaga deixada pelo centroavante Léo Gamalho, que deixou o Galo e se transferiu para o Al-Khor, do Catar. Com a saída de Gamalho, no final de setembro, o técnico Marcelo Cabo apostou em Safira, mas o desempenho ofensivo da equipe não foi o mesmo.

O novo centroavante pertence ao Tombense, mas estava emprestado ao Avaí. Ele estava na equipe catarinense desde a temporada de 2018 e marcou 19 gols em 46 partidas. Neste ano, Amorim voltou de uma séria lesão no joelho esquerdo e balançou a rede duas vezes em sete jogos.

Daniel Amorim tem 31 anos e é natural do Rio de Janeiro. Possui 1,91m e pesa 83kg. Jogou pelo Avaí, Tombense, Cuiabá, Paysandu e Duque de Caxias.

MAIS CASOS DE COVID

A delegação do CRB viajou nesta quinta para Cuiabá sem nove jogadores, todos infectados pela Covid-19. Os dois últimos infectados pela doença foram o zagueiro Xandão  e o volante Carlos Jatobá.

Afora Xandão e Carlos Jatobá, o CRB já havia informado que os laterais Reginaldo Lopes e Hugo, os zagueiros Gum, Reginaldo Júnior e Thalisson Kelven, o volante Moacir e o atacante Safira também testaram positivos para Covid-19.

Outras ausências confirmadas para o jogo contra o Cuiabá são o lateral-esquerdo Igor Cariús, que se recupera de uma torção no tornozelo, e o atacante Pablo Dyego, que sentiu a coxa na partida contra a Ponte Preta, no último sábado.

O técnico Marcelo Cabo disse encarar com naturalidade os casos de Covid-19 na equipe que afastaram os atletas do gramado. “Há uma pandemia no país e alguns atletas foram assolados pelo vírus, estamos tomando todos os cuidados necessários e preventivos que precisam ser tomados. Claro que a gente tem uma preocupação com o elenco, isso é notório, e precisa ter essa preocupação, mas encaro com muita naturalidade”, comentou Cabo.

O técnico regatiano disse que embora a semana tenha sido aberta no que tange à preparação para  o jogo deste sábado contra o Cuiabá, ele não conseguiu contar com todos os jogadores. “A questão de ter que remontar a equipe, mais uma vez, a gente já vem de um período com o grupo muito enxuto, com lesões, e agora a gente sendo acometido pela Covid. Hoje, temos sete jogadores positivados. Então, a minha semana foi aberta, mas não aberta. Ela só é aberta quando você tem todos os jogadores à disposição para treinar”, esclareceu o comandante técnico do Galo.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários