Esporte

25 de setembro de 2020 18:23

Fábio diz que Cruzeiro caiu porque acreditou que nunca iria ser rebaixado

ídolo da Raposa eximiu os jogadores de culpa pelo descenso e reforçou os dirigentes como os grandes culpados

↑ Fábio afirmou que culpa foi dos dirigentes que passaram pelo clube (Foto: Reprodução)

Em coletiva nesta quinta-feira, o goleiro Fábio deu declarações fortes sobre o rebaixamento e a situação política e financeira da equipe. O ídolo da Raposa eximiu os jogadores de culpa pelo descenso e reforçou os dirigentes como os grandes culpados.

“A nossa queda não foi somente em 2019, isso já vem há muito tempo. Só estou falando agora porque é uma pergunta que colocaram, mas eu não precisava ficar externando o que fiz ao longo desses anos nos bastidores, o que outros jogadores fizeram, pedindo jogador, pedindo elenco forte para que não acontecesse”, afirmou.

Fábio reforçou seu discurso em relação à responsabilidade daqueles que comandaram o clube nos últimos anos: “O que a gente pode cobrar se a gente não tem a caneta para assinar algumas coisas que aconteceram no ano passado? A gente cobrava muito, só que a gente não tem caneta para mandar embora esse ou aquele. A culpa é de quem tinha que proteger o Cruzeiro; era o presidente, o vice-presidente, os diretores, que tinham que ler contrato e ver se aquilo era positivo para o Cruzeiro ou não.”

“Agora vem meia dúzia querer falar que a gente não fez nada e nego de fora falando isso e aquilo ‘ah, os mais velhos’. Não tem nem noção do que aconteceu aqui no ano passado, do que a gente fez para que o Cruzeiro não caísse. E ano passado não faltou cobrança dentro e fora do vestiário. Isso que vocês queriam escutar? Isso que é a verdade”, destacou o ídolo.

“Mas o Cruzeiro não caiu somente por isso. Caiu porque achou que nunca ia cair. Em 2011 escapou, depois conseguiu quatro títulos e tudo fica encoberto, mas as coisas erradas já aconteciam há muito tempo”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários