Esporte

22 de setembro de 2020 09:34

CRB precisa reverter o placar diante do Juventude

Galo sonha com vaga na Copa do Brasil e inicia o jogo desta terça-feira com desvantagem

↑ CRB perdeu do Juventude por 2x0 e vai precisar virar em Maceió (Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude)

Em campo a esperança de uma classificação inédita. No placar uma desvantagem de dois gols. Esta terça-feira (22) é dia de superação para o CRB. Dia de buscar uma vitória histórica diante do Juventude, pela quarta fase da Copa do Brasil 2020. Semana passada em Caxias do Sul uma pancada de 2×0. Nesta terça às 19h no Estádio Rei Pelé a situação precisa ser outra.

“Não tenho dúvidas da força e qualidade do nosso time. Conversei com jogadores e comissão técnica e vi nos olhos deles a vontade de virar esse placar. Convido a todos os regatianos estarem perto de 16h na entrada do Pontal, para mandar energias positivas ao nosso CRB”, disse o presidente Marcos Barbosa. Esse duelo da Copa do Brasil vale uma cota de R$ 2,6 milhões, o que aumenta a importância do confronto.

Em campo o técnico Marcelo Cabo tem algumas baixas. O lateral-direito Lucas Mendes segue no departamento médico, e Reginaldo Lopes também não pode jogar, por já ter atuado por outro time na Copa do Brasil. A tendência é que o volante Moacir seja improvisado mais uma vez na lateral. No meio-campo, o trio deve ser formado por Claudinei, Carlos Jatobá e Diego Torres. Na frente, Luidy e Magno Cruz abastecem o artilheiro Léo Gamalho, que não marcou nos últimos dois jogos, mas tem 16 gols na temporada. É o principal jogador da equipe.

JUVENTUDE

Como não houve problemas físicos ou de outra ordem entre o último jogo e o atual, a tendência é que o Juventude apenas repita o 11 inicial colocando em campo na vitória em solo caxiense: Marcelo Carné; Igor, Wellington, Nery Bareiro e Eltinho; João Paulo, Bochecha e Renato Cajá; Capixaba, Breno e Dalberto.

VALMO

O CRB decretou luto oficial pela morte de Valmo Souza, supervisor das categorias de base do clube. Ele tinha 58 anos e sofreu um infarto no último domingo, em Maceió. Valmo também trabalhou em outros clubes de Alagoas, como o CSA, São Domingos, Agrimaq e Sete de Setembro, e estava no CRB desde 2015.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários