Esporte

12 de setembro de 2020 08:26

Motivado, CSA busca sua reabilitação contra o Oeste

Técnico Argel Fuchs vai testar nova formação para conquistar a primeira vitória

↑ Volante Márcio Araújo é um dos poucos titulares do elenco do CSA que devem seguir no time após as mudanças do técnico Argel Fuchs (Foto: Ascom CSA)

Um novo CSA. Cheio de motivação e com a ordem de buscar três pontos. Neste domingo, às 11h, na Arena Barueri, o Azulão encara o Oeste pelo Campeonato Brasileiro da Série B. E o técnico Argel Fuchs busca sua primeira vitória nesse retorno ao clube. Ele tem trabalhado forte para achar a formação ideal. Esta semana chegaram reforços e o time de domingo será bem diferente.

Nesta temporada o CSA contratou 12 jogadores para o ataque, e três ainda nem estrearam. Não há uma definição sobre os titulares, mas Argel quer elevar a confiança de Pedro Júnior. O quarteto de frente é o que mais preocupa. Pedro está fazendo uma nova função. Foi assim contra o Confiança, no último sábado. Argel posicionou o atleta por trás de Michel Douglas, o homem de referência.

Para domingo, contra o Oeste, o técnico pode manter essa opção, mas vai ser obrigado a mexer no ataque. Rodrigo Pimpão está suspenso e foi aberta disputa pela posição. Victor Paraíba e Rafael Bilu podem aparecer na equipe.

Quem entrou na disputa com Michel foi o centroavante Paulo Sérgio, ex-ABC. Contratado nesta semana, ele começou a treinar e foi regularizado na CBF. Assim, pode atuar na próxima rodada da Série B. No Brasileiro, o CSA marcou apenas quatro gols em seis jogos. Geovane, Marquinhos, Pedro Júnior e Pimpão balançaram a rede. Desses, apenas dois jogam no ataque.

Para tentar melhorar o aproveitamento ofensivo do time, o presidente do clube, Rafael Tenório, disse que foi buscar os centroavantes Pedro Lucas (ex-Figueirense) e Paulo Sérgio, além do atacante Hector Bustamante (ex-Operário-PR) e do volante e lateral Cedric. Dois desses atletas ainda não foram regularizados.

Argel quer mais intensidade do time. Contra o Confiança, o CSA teve dificuldades para criar as jogadas, mas chegou a abrir o placar com Pedro Júnior. Ele saiu da intermediária, quebrou a marcação com um drible e mostrou que pode ser útil. Deve ganhar espaço no time nas próximas rodadas da Série B.

Uma formação provável para domingo tem: Bruno Grassi; Norberto, Alan Costa, Castán e Rafinha; Márcio Araújo, Richard Franco e Pedro Júnior; Victor Paraíba, Allano e Paulo Sérgio.

Pedro Junior está encarando o jogo com muita seriedade. “Vai ser um jogo difícil, a gente sabe disso. Não é porque tá embaixo, na zona de rebaixamento, que vai ser fácil. A gente vai lutar, vai se doar ao máximo, porque a gente precisa dessa recuperação”.

Se vencer, o CSA pode sair do Z-4. Com dois jogos a menos, o Azulão pode dar um salto na classificação caso vença as duas partidas que faltam, somando mais seis pontos. Mesmo assim, a situação na tabela não dá conforto ao grupo para pensar em outro objetivo que não seja sair da parte de baixo da tabela. “Não é momento de pensar em título, mas sim de sair dessa situação. Mais pra frente a gente pensa no título aqui pro CSA”, afirmou.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH