Esporte

15 de junho de 2020 17:34

Testes de Covid-19 no CSA com jogadores, funcionários e comissão técnica têm 10 positivos

De acordo com o médico do clube, Fábio Lima, todos os casos positivos estão assintomáticos

↑ Testes de Covid-19 no CSA (Foto: Augusto Oliveira / Ascom CSA)

O Centro Sportivo Alagoano, através do seu Departamento Médico, informa o resultado da primeira bateria de testes para COVID-19, realizados na última quarta-feira (10/06), no CT Nelson Feijó.

No total 10 pessoas testaram positivo, todos assintomáticos. Foram realizados 65 testes entre atletas, funcionários e comissão técnica. De acordo com o médico do clube, Dr. Fábio Lima, as 10 pessoas que testaram positivo apresentaram IgG alto, o que aponta que eles tiveram contato com o vírus, porém estão recuperados e com anticorpos criados.

“A gente fez uma testagem inicial usando os testes sorológicos de IgM e IgG e nós fizemos a coleta de 65 amostras das quais 10 amostras positivaram. Para nossa alegria e nossa tranquilidade, todos aqueles que positivaram primeiro não tiveram nenhuma queixa de sintomas e isso é a coisa mais importante de tudo porque não temos doentes. E segundo, todos eles já saíram com uma classe de anticorpos que é o anticorpo de memória, que é o IgG positivo alto, ou seja, esse é o melhor dos cenários. São aquelas pessoas que entraram em contato com o vírus, não tiveram doença e adquiriram imunidade para tal. Na prática essas pessoas nem transmitem mais para ninguém, nem pegam mais o vírus de ninguém. Até hoje a gente não tem informação de reinfecção. O ideal era que todo mundo estivesse desse jeito. A gente poderia jogar em qualquer lugar do mundo teoricamente sem nenhum tipo de dificuldades”, afirmou Fábio Lima.

Nesta sexta-feira (19), no período da manhã, será realizado a segunda testagem no estilo drive-thru.

“Nós vamos seguir com todo o protocolo que a gente já vem conversando, nós vamos seguir com a re-testagem, lógico que esses que já testaram IgG positivo alto não faz sentido nenhum testar novamente. Eles apenas serão monitorados por outros motivos e, lógico, manter aquele ambiente com todo mundo se comportando da mesma maneira”, encerrou o médico.

Fonte: Tribuna Hoje com Ascom CSA

Comentários

MAIS NO TH