Esporte

26 de maio de 2020 08:47

FAF descobre fraude e vai remarcar jogos semifinais do e-Alagoano

Jogos estavam sendo disputados on-line e a Federação ainda vai marcar a data dos novos confrontos

↑ e-atleta em disputa nos jogos do e-Alagoano (Foto: Abneger Farias / FAF)

As finais do e-Alagoano vão mudar. A Federação Alagoana de Futebol (FAF), organizadora do torneio, descobriu uma fraude do jogador Robério dos Santos, ele foi eliminado. Representante do CSE, ele chegou à decisão da competição, mas, de acordo com a FAF, colocou outra pessoa, se passando por ele, e com o login dele, para disputar as partidas contra o ASA e o CSA.

Assim, as semifinais vão ser jogadas outra vez. Agora o CRB pega ASA e CSA duela com Coruripe. Jogos estavam sendo disputados on-line e a Federação ainda vai marcar a data dos novos confrontos.

O agora terceiro colocado, Jaiminho (Coruripe), vai fazer um confronto com Ruan Rocha (CSA). Quem herdou a quarta colocação foi Alan da Paz, do CRB. Ele vai enfrentar Ewerson Portela, do ASA, em dois jogos. As datas ainda vão ser definidas pela federação.

“Como acontece dentro do campo, é preciso que haja flair play. Infelizmente, nos deparamos com a informação, mediante denúncia – em áudios e conversas –, de que o jogador Robério, representante do CSE, no confronto com o ASA, pela 7ª rodada da Primeira Fase, e na disputa da Semifinal com o CSA, teria sido substituído por um terceiro, não participante do e-Alagoano, que assumiu o jogo em seu lugar, em evidente violação às regras da competição”, diz a nota da FAF.

Após análise do caso, a FAF e a Federação Alagoana de Futebol Digital Virtual (FAFDV) informaram que colheram provas reais para tirar Robério da disputa.

“Após a FAF e FAFDV terem iniciado o regular procedimento administrativo para investigar as denúncias, o próprio Robério confirmou a falta, o que motivou sua imediata eliminação do campeonato e punição nos termos do Regulamento da Competição”, diz a nota, assinada pelos presidentes Felipe Feijó (FAF) e Henrique Leite (FAFDV).

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH